Energia Solar no Nordeste: Novos 482 MW São Financiados Pelo BNB

energia-solar-no-nordeste-novos-553-mw-sao-financiados-pelo-bnb
Energia Solar no Nordeste: Novos 482 MW São Financiados Pelo BNB
5 (100%) 2 votes

Enquanto o setor elétrico brasileiro, ainda altamente dependente da fonte hídrica, vai sofrendo os efeitos dos novos períodos de estiagem ocorridos este ano, uma luz de esperança para o seu futuro começa a surgir no final do túnel, e ela vem do sol.

O Nordeste, região de maior potencial da fonte solar no Brasil, continua a receber novos projetos de geração centralizada da tecnologia fotovoltaica, muitos dos quais são beneficiados pelos financiamentos  do Banco do Nordeste (BNB), que já liberou mais de R$6 bilhões em recursos para a geração de energias renováveis.

Agora, quatro novos projetos de geração solar, somando 482 megawatts de potência, foram assinados no último dia 24 deste mês, em evento realizado na sede do BNB, em Fortaleza, e irão contar com um total de financiamento de quase R$1,16 bilhão para serem instalados na região.

O montante será repassado através do FNE infraestrutura, linha de crédito do banco lançada em abril de 2017 e que conta com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Seu objetivo é promover a ampliação de serviços de infraestrutura econômica, dando sustentação às atividades produtivas da Região.

Três dos projetos assinados são de autoria e responsabilidade da empresa italiana Enel Green Power, através de sua subsidiária brasileira Enel Green Power Brasil Participações, e os quais serão implantados nos estados da Bahia e Piauí, regiões que já possuem projetos em operação.

Contando com R$678,7 milhões de financiamento, as usinas serão instaladas nos municípios de Bom Jesus da Lapa e Tabocas do Brejo Velho, ambos na Bahia, e outro em Ribeira do Piauí- PI, somando 350 MW. Os R$795,7 milhões adicionais necessários para os projetos partirão da própria empresa.

O último dos projetos, a usina solar Apodi, com 132 MW de capacidade e pertencente as empresas norueguesas Scatec Solar e a Statoil, assim como a brasileira Kroma Energia, receberá um financiamento de R$ 477,4 milhões do FNE.

A ser instalado no município de Quixeré, na região do Vale do Jaguaribe, no Ceará, o projeto ainda irá demandar mais R$ 187,4 milhões de recursos, que virão das próprias empresas.

A data para o início das instalações e fornecimento de energia não foram divulgadas, porém, quando finalizadas, essas usinas trarão mais energia limpa para a região e resto do Brasil. 

 

 

Fonte de Informação: PV Magazine – Site

Analista de Marketing
Redator e Tradutor

Recomendamos para Você: