7 Usinas Solares Entram Em Operação No Nordeste e Geram 200 MW

7 Usinas Solares Entram Em Operação No Nordeste e Geram 200 MW
5 (100%) 2 votes

Após despacho da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) divulgado no Diário Oficial da União (DOU) desta última terça-feira, dia 26/12, sete novas usinas solares localizadas no Nordeste brasileiro passam a entrar em operação e injetar energia no sistema elétrico brasileiro.

No total, são 200 megawatts de energia limpa que passam a ser integrados ao SIN (Sistema Interligado Nacional) e distribuídos entre as regiões do país.

As usinas que receberam autorização para início das operações estão localizadas nos estados do Rio Grande do Norte e Bahia, ambos com altos índices de radiação solar.

No Rio Grande do Nortes, são ao todo 4 projetos que começam a gerar energia limpa, as usinas Solaire Floresta I, II e III, localizadas na cidade de Areia Branca e pertencentes a multinacional Engie. Juntas, elas geram 86 Megawatts de energia.

A empresa também recebeu o aval para início da operação de outra usina, a Assu V, que tem 30 megawatts de potência e fica localizada na cidade de Açu-RN.

Pertencente a italiana Enel, a Enel Green Power recebeu autorizações do regulador para a operação comercial das usinas Ituverava 4, 5 e 6, que somam 84 megawatts em capacidade.

As três usinas ficam localizadas na cidade de Tabocas do Brejo Velho, na Bahia.

Com esses novos projetos, o Brasil ganha mais diversidade em sua matriz energética e maior garantia de fornecimento de energia para suprir o consumo de sua população.

Para os próximos anos, mais projetos como esse são esperados no Brasil, visto o ótimo desempenho que a tecnologia solar fotovoltaica teve no último Leilão de Energia Reserva A-4 (LER A-4), realizado neste mês de dezembro e que contratou 20 projetos de novas usinas.

Analista de Marketing
Redator e Tradutor

Recomendamos para Você: