BS na Mídia em Alphaville: A Saída É Gerar a Própria Energia

bs-na-midia-em-alphaville-a-saida-e-gerar-a-propria-energia
BS na Mídia em Alphaville: A Saída É Gerar a Própria Energia
10 (200%) 1 vote

Saiu na edição do último dia 20 de outubro do jornal de Alphaville, mas é uma notícia que traduz um sentimento de todos os brasileiros nesse momento: o medo com o preço da energia elétrica, que nesse mês entra para a história como o mais caro até hoje.

Os longos períodos de estiagem que, mais uma vez, levaram os níveis dos reservatórios nacionais a níveis preocupantes, fizeram com que a bandeira vermelha de patamar 2, criada em 2016, fosse acionada pela primeira vez, somando um custo adicional de R$3,50 por cada 100 kWh consumidos.

Assustados com o grande impacto que isso irá causar nas já onerosas contas de luz, muitos consumidores buscam na energia solar, por meio dos sistemas fotovoltaicos conectados à rede, uma saída para fugir dessas cobranças que, cada vez mais, pesam no orçamento familiar.

O franqueado da Blue Sol em Alphaville, José Guilherme Novaes, foi o entrevistado do jornal para a matéria, o qual contou sobre o aumento na procura pelos sistemas que essa nova cobrança tarifária trouxe à unidade, com 30% a mais de consumidores buscando essa tecnologia que garante uma economia de até 95% na conta de luz.

Segundo Novaes, além do aumento na procura, a maioria dos clientes que entram em contato com a empresa o fazem com maior intenção de compra do que antes, e não apenas por curiosidade, o que reflete o estado de real temor em que se encontram com a perspectiva de cobranças crescentes.

Hoje no Brasil, mais de 14 mil consumidores já conseguiram se livrar do cativeiro criado pelas distribuidoras de energia (você sabia que aqueles que consomem energia da distribuidora são chamados de consumidores cativos?) através de sistemas fotovoltaicos que usam a abundante luz do sol para gerar, de forma limpa, a energia elétrica que tanto precisamos.    

No entanto, o custo dos equipamentos que compõem esses sistemas, e que são em sua maioria importados, ainda são relativamente altos para os padrões da maioria dos consumidores, embora caiam seguidamente todos os anos conforme a tecnologia vai se expandindo.

No entanto, segundo o coordenador comercial da Blue Sol Rafael Xavier, também entrevistado pela reportagem, as linhas de financiamento já existentes no mercado e novas modalidades de comercialização dos sistemas, como o consórcio de energia solar, são algumas das facilidades disponibilizadas pela empresa para ajudar aqueles que desejam economizar com a energia solar. 

Quem dá o xeque-mate da vantagem na aquisição da tecnologia é Novaes, que explica que o payback (tempo de retorno do investimento) de um sistema hoje em Alphaville é de cerca de 5 anos, enquanto a vida útil do mesmo é acima de 25 anos. Ou seja, o cliente paga 5 e leva 25!

Consumidores de Alphaville e região que também desejam escapar da bandeira vermelha já contam com a ajuda da Blue Sol para isso. Acesse o link abaixo e saiba como:

simulador solar blue sol

 Confira abaixo, na íntegra, a reportagem do jornal Folha de Alphaville:

energia-solar-e-opcao-a-bandeira-tarifaria-1

Analista de Marketing
Redator e Tradutor

Recomendamos para Você: