Desvantagens da Energia Solar: 5 Mitos Desmistificados

Desvantagens da Energia Solar: Veja Porque Você Está Errado Nesses X Pontos
Desvantagens da Energia Solar: 5 Mitos Desmistificados
6.3 (126.67%) 3 votes

Seja você um defensor ou não, uma coisa que não podemos negar sobre a tecnologia fotovoltaica é que ela é um dos assuntos mais falados hoje no mundo. Dentre aqueles que não a aprovam, muitos gostam de apontar os seus pontos negativos e falar sobre as desvantagens da energia solar.

Porém, muitos desses pontos negativos divulgados não condizem com a realidade e acabam sendo desinformações que desmotivam aquelas pessoas em busca de uma solução econômica para suprir seu consumo energético a partir de uma fonte limpa de energia.

Eu, como um atuante do setor, me sinto no dever de esclarecer alguns desses verdadeiros “mitos” sobre a energia solar, uma vez que tenho plena convicção em se tratar da solução mais viável e que irá trazer os melhores resultados e benefícios aos consumidores.

A primeira das desvantagens da energia solar que é logo disparada pelos opositores da tecnologia é o seu preço, os quais alegam que os sistemas fotovoltaicos são muito caros

Não, os sistemas fotovoltaicos, por toda a economia que eles oferecem ao seu proprietário nos seus mais de 25 anos de vida útil, não são caros. Quem alega isso é porque não consegue ter uma visão de longo prazo e não percebe o enorme retorno financeiro que poderá obter com o seu sistema.

Além disso, com toda a popularização que a tecnologia vem conquistando, tanto no Brasil como no mundo, os seus preços vêm decaindo drasticamente a cada ano, diretamente contrário ao preço da energia em nosso país, que sobe de forma acentuada devido as longas secas que castigam os reservatórios das hidrelétricas.

Este ano, ainda, a inflação média das faturas de luz será de cerca de 9%, em decorrência da dívida que o governo tem para com as distribuidoras e à qual será paga por nós, consumidores. Por isso que sempre que me dizem que a energia solar é cara, eu respondo que caro mesmo é continuar pagando as contas de luz.

Outro argumento frequentemente usado, e que podemos considerar como a segunda das desvantagens da energia solar propagada por seus antagonistas, é que o sistema fotovoltaico exige frequente e onerosa manutenção.

Mentira! Os sistemas fotovoltaicos quase não exigem manutenção, sendo a limpeza dos módulos (placas) a mais frequente. Os sistemas isolados acabam exigindo um pouco mais de manutenção, devido as baterias para armazenamento da energia, mas esses não são os mais viáveis ou utilizados no país.

Deixando a palavra com quem sabe do assunto, apresento abaixo o vídeo da série “O Professor Responde”, no qual o instrutor Ronilson di Souza fala sobre esse assunto:

Que os sistemas fotovoltaicos quase não geram energia no inverno também é algo que costumo ouvir com frequência e que considero a terceira das desvantagens da energia solar nessa minha lista de mitos sobre a tecnologia.

E essa afirmação também é exagerada e falsa. Existe sim uma pequena queda na geração, mas ela não está associada à queda brusca da temperatura. Acredito que o motivo para essa afirmação está associado ao maior engano que as pessoas comentem com relação a energia solar: confundir ela com a tecnologia de aquecimento solar.

Diferente desta, a energia solar fotovoltaica utiliza a luz do sol como fonte, não seu calor. Portanto, mesmo no inverno os painéis fotovoltaicos estão gerando energia e, inclusive, são beneficiados com as baixas temperaturas, pois o seu rendimento costuma ser prejudicado quando a sua temperatura ultrapassa os 32º.

Outro grande, e perigoso, mito sobre a tecnologia é que é possível produzir e instalar os painéis solares de forma caseira para se beneficiar da geração em sua residência.

Embora não seja uma desvantagem da energia solar, coloco essa afirmação como a quarta de minha lista, pois acredito que os riscos envolvidos nisso são muito grandes.

Essa informação costuma ser divulgada através de vídeos na internet, por pessoas que nem ao menos possuem uma certificação na tecnologia e que sabem bem pouco sobre o assunto, disseminando informações erradas e que podem trazer perigo de vida ao consumidor que se aventurar por esse caminho.

Além disso, para o consumidor que quer instalar um sistema em sua casa e conectá-lo à rede da distribuidora, aproveitando assim do sistema de créditos energéticos criado e regulamentado pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), não espere que conseguirá através de placas caseiras e sem certificação de qualidade.

Para saber tudo sobre esse assunto, confira o artigo sobre energia solar caseira, escrito pelo nosso instrutor técnico, Lucas Santana.

A quinta e última das desvantagens da energia solar que ouço é que a tecnologia fotovoltaica atual estará obsoleta dentro de alguns anos e que até lá novos e melhores equipamentos estarão à venda.

Bem, acredito que essa linha de pensamento é que é obsoleta. Afinal, estamos vivos agora, consumindo energia nesse instante, enquanto escrevo (e você lê) esse texto em seu computador ou smartphone.

Toda tecnologia será evoluída com o tempo e a fotovoltaica não é exceção, portanto não podemos nos ater a esse pensamento paralisante. Além disso, a tecnologia dos sistemas fotovoltaicos não é igual àquela dos celulares ou computadores mencionados acima.

Os módulos fotovoltaicos de silício que vemos nos telhados de casas e empresas, e em usinas solares, estão em comercialização desde os anos 90, e desde então não sofreram grandes evoluções em sua eficiência ou durabilidade.


Essas são as cinco principais, e falsas, desvantagens da energia solar que queria compartilhar com vocês. Existem muitos outros absurdos que escuto sobre a tecnologia, por isso que sempre sugiro a essas pessoas que busquem uma empresa do setor para saber a verdade. Abraço e até a próxima!

Analista de Marketing
Redator e Tradutor