Energia Solar no Rio de Janeiro: 5 Fatos que Não te Contaram + [BÔNUS]

energia solar rio de janeiro
Energia Solar no Rio de Janeiro: 5 Fatos que Não te Contaram + [BÔNUS]
4.64 (92.86%) 14 votes

O Brasil é um país extremamente ensolarado, com um enorme potencial de geração de energia solar. Isso tem atraído cada vez mais investimentos e incentivos para a utilização da tecnologia fotovoltaica. O Rio de Janeiro tem se destacado no uso da energia solar, ocupando a 4ª posição no ranking dos estados com maior número de sistemas fotovoltaicos instalados. Nesse artigo falaremos sobre 5 fatos sobre a Energia Solar no Rio de Janeiro que provavelmente não te contaram.

E para você que chegou até aqui, veja abaixo nosso [BÔNUS]. O Infográfico da Energia Solar no Rio de Janeiro, com dados dos números de sistemas fotovoltaicos localizados no Rio.

[BÔNUS] Infográfico da Energia Solar Rio de Janeiro

energia-solar-rio-de-janeiro-infografico

 

#5 Fatos sobre a Energia Solar no Rio de Janeiro

 

#1 Energia Solar no Rio de Janeiro: Calor e o frio comprometem a conta de luz

Em 2015, a Exame.com divulgou um ranking com as 10 cidades mais quentes do Brasil. 4 dessas cidades eram do estado do Rio de Janeiro!

As altas temperatura são um prato cheio para o maior vilão da conta de luz, que aparece principalmente no verão: o ar-condicionado.

 

energia solar no rio de janeiro ar condicionadoAr-condicionado: o grande vilão do verão (Exceto para o Cliente Solar)

Durante os dias mais quentes e nos meses de verão, o ar-condicionado é responsável pelo maior gasto de energia, o que faz com que o valor da conta de luz aumente significativamente.

Apesar disso, quem utiliza um sistema de energia solar no Rio de Janeiro consegue economizar mesmo em dias extremamente ensolarados e quentes.

Isso porque a maior utilização do ar-condicionado acontece nos momentos em que o dia está mais quente, quando existe maior intensidade da luz do sol.

E é justamente quando o sol está mais forte, com uma maior intensidade de radiação solar, que o sistema fotovoltaico apresenta o seu pico de geração de energia.

Dessa forma, se você possuir um sistema fotovoltaico em sua residência/comércio, conseguirá economizar muito na conta de energia.

Mesmo tendo que abusar do uso do ar-condicionado (e daquela água de coco geladinha no seu quiosque preferido em Ipanema) para suportar as altas temperaturas, você estará utilizando a energia gerada pelos painéis solares.

 

No inverno ou em dias mais frios, outro vilão também pode aparecer para fazer a conta de luz ficar mais alta: o chuveiro elétrico.

 

energia solar rio de janeiro chuveiro eletrico

Chuveiro elétrico: o grande vilão do inverno (Exceto para o Cliente Solar)

O Rio de Janeiro recebe uma radiação solar de 1,7 MW/m2 por ano (dados do Meteonorm), com irradiação direta média de 5,18 kWh/m2 por dia. 

Isso significa que, cada metro quadrado exposto ao sol no Rio, recebe energia suficiente para aquecer um chuveiro elétrico comum por mais de uma hora por dia.

Ao contrário do verão, no inverno e em dias muito frios, o chuveiro torna-se o grande                                                              vilão da conta de luz por consumir muita energia elétrica.

Mesmo assim, quem utiliza a energia solar no Rio de Janeiro também pode economizar, até mesmo se o dia estiver nublado ou com chuva.

Isso porque nos dias em que a geração de energia solar pelo sistema fotovoltaico é maior do que a necessidade de consumo do imóvel/comércio, o excedente é direcionado à rede da concessionária (como a Light, por exemplo) e convertido em créditos energéticos.

energia solar no rio de janeiro instalacao de um sistema
Instalação de um Sistema Fotovoltaico no Rio de Janeiro

 

#2 Isenção de Impostos sobre a Energia Solar no Rio de Janeiro

O governo do estado do Rio de Janeiro já reconheceu que a geração distribuída é um excelente modo de reduzir a demanda por energia na cidade, e também reduzir as emissões de gases poluentes e de contribuir para a segurança do fornecimento central de eletricidade.

Para incentivar a instalação de sistemas solares fotovoltaicos, o governo aderiu à isenção de ICMS na energia gerada pelo sistema fotovoltaico e injetada na rede de distribuição das concessionárias de energia.

Essa medida já se encontra em vigor para todos as unidades microgeradoras de energia fotovoltaica do estado (casas e estabelecimentos comerciais).

Esse incentivo fiscal torna a utilização da energia solar no Rio de Janeiro ainda mais viável.

O estado do Rio já conta com 745 sistemas instalados, sendo 336 conectados à rede da Enel (Junção da Coelce e Ampla), 394 da Light e 15 da Energisa Nova Friburgo.

O alto custo da energia elétrica no estado também contribui para que o investimento em um sistema solar fotovoltaico seja viável, fazendo com que o retorno do investimento seja cada vez mais rápido.

A queda nos preços das placas solares também vem se destacando como importante incentivo, assim como a cada vez mais eficiente conexão à rede elétrica das concessionárias. Essas são vantagens da energia solar que ajudam acelerar a utilização dessa tecnologia.

 

energia solar no rio de janeiro instalacao residencial
Casa com Energia Solar no Rio de Janeiro – RJ

 simulador de energia solar

#3 Energia Solar Residencial no Rio de Janeiro

Já são mais de 600 sistemas de energia solar fotovoltaica residencial instalados no Rio de Janeiro.

Um desses clientes residenciais é o apresentador do programa Tamanho Família, Marcio Garcia, grande incentivador da Energia Solar no Brasil.

“O Sol sempre foi a minha energia pra tudo” 

Aliada a outras atitudes sustentáveis, como a reciclagem e o aproveitamento da água da chuva, a tecnologia fotovoltaica foi implementada em sua residência visando também grande economia na conta de luz.

Confira nesse vídeo o depoimento do Marcio, que bate o martelo ao afirmar a Viabilidade de se instalar um sistema fotovoltaico visando economia: A conta fecha.

 

 

#4 Energia Solar Comercial e Industrial no Rio de Janeiro

Dos 745 sistemas instalados no estado, 97 são instalações comerciais. Fazendo uma análise da competitividade da geração fotovoltaica para aplicação comercial, percebemos um grande potencial para crescimento.

De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), a tarifa média comercial corresponde a 89% da tarifa média residencial, aproximadamente.

Por outro lado, o custo médio da geração fotovoltaica estimado é, na aplicação comercial, 86% do custo calculado para a aplicação residencial.

Ou seja, se por um lado a tarifa de fornecimento comercial é, em geral, mais baixa do que a residencial, o custo médio da geração fotovoltaica na aplicação comercial tende a ser relativamente mais reduzido, o que significa que permanecem válidas para esse caso as conclusões indicadas no caso da aplicação residencial quanto à competitividade da fonte fotovoltaica distribuída.

 

energia solar no rio de janeiro sistema comercial

Importância da Energia Solar no Rio de Janeiro para a Matriz Energética Brasileira

Atualmente, grande parte da energia elétrica no Rio de Janeiro origina-se de usinas hidrelétricas distantes.

Essas usinas são conectadas ao estado por um sistema de distribuição complexo e dispendioso que sofre grandes perdas de energia.

Os sistemas solares fotovoltaicos podem ser instalados no próprio ponto de consumo, minimizando as perdas de transmissão e adicionando parte de sua geração na rede elétrica, sem custos maiores de infraestrutura.

Dessa forma, a utilização da energia solar no Rio de Janeiro auxilia na melhora da matriz energética do Brasil, ainda extremamente dependente das usinas hidrelétricas que estão tendo a sua geração de energia prejudicada pelos longos períodos de estiagem.

 

energia solar no rio de janeiro desafio solar brasil
Competidores no Desafio Solar Brasil 2016 (Foto: Divulgação)

Popularização da Energia Solar no Rio de Janeiro

O estado tem recebido também grandes formas de incentivo para a popularização da energia solar, como o Desafio Solar Brasil.

O evento, que aconteceu no mês de dezembro de 2016, na cidade de Búzios – RJ, é um rali de barcos movidos por energia solar, e estimula o desenvolvimento de tecnologias para fontes de energia limpas e alternativas, além de divulgar o potencial dessas tecnologias aplicadas em embarcações de passageiros, recreio, serviços e transporte.

Além disso, o Morro da Babilônia, importante comunidade da cidade do Rio de Janeiro, passou a contar com uma associação para promover o uso da energia solar. As duas primeiras instalações foram feitas no começo de 2016.

Paralelamente, 6 escolas públicas do Rio de Janeiro também receberão sistemas de energia solar através do projeto “Escolas Sustentáveis”, uma parceria da Prefeitura do Rio de Janeiro com o ICLEI Brasil, associação que se dedica ao desenvolvimento sustentável.

 

#5 Empresa de Energia Solar no Rio de Janeiro: Franquia da Blue Sol na Barra 

energia solar no rio de janeiro fanquia blue sol barra da tijuca
Nilton Filho e Marcio Machado, responsáveis pela Franquia Blue Sol Barra da Tijuca

 

Apoio aos novos Clientes Solares

A Franquia Blue Sol Barra da Tijuca chega com o objetivo de apoiar os novos Clientes Solares do estado do Rio de Janeiro. Ou seja, se você possui interesse em energia solar no Rio de Janeiro, a Blue Sol estará aí para te ajudar.

Com larga experiência na implantação de sistemas em todo o Brasil, a empresa pode oferecer aos clientes confiabilidade e segurança na venda de uma solução com vida útil de durabilidade que pode passar de 25 anos.

Franquia Blue Sol Barra da Tijuca – Contato

Endereço: Av. Embaixador Abelardo Bueno, 01 – Loja 159D – Edifício Lagoa 01 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ

Telefone: (21) 3217-9210 | (21) 3281-5371

E-mail: barradatijuca@bluesol.com.br

 

Quer fazer uma simulação do seu Sistema Fotovoltaico e saber o quanto você pode economizar aí no estado do Rio de Janeiro?

simulador de energia solar

 

Recomendamos para Você: