FNE SOL do Banco do Nordeste é a Melhor Linha De Financiamento Fotovoltaico Para Empresas

FNE SOL
FNE SOL do Banco do Nordeste é a Melhor Linha De Financiamento Fotovoltaico Para Empresas
5 (100%) 2 votes

O Banco do Nordeste (BNB) vem desempenhando um papel crucial para a sustentabilidade energética dessa região do país, oferendo amplos recursos financeiros que visam a implantação de projetos de uso de fontes limpas, como o FNE SOL.

Lançada no final de maio de 2016, o FNE SOL é a primeira linha de financiamento do BNB para implantação de sistemas de micro e minigeração distribuída de energia através de fontes renováveis, como a Solar Fotovoltaica.

Confira, abaixo, o vídeo de divulgação da linha:

 

A geração distribuída de energia no Brasil é aquele segmento onde a energia é gerada pelo próprio consumidor, no local de consumo, ou seja, são os sistemas conectados à rede instalados nas casas, empresas e indústrias do país, e que aumentam em número a cada ano.

O FNE SOL é a linha de crédito do Banco do Nordeste lançada para atender a esse segmento, oferecendo crédito para as pessoas físicas e jurídicas que desejam gerar a sua própria energia e se tornar autossustentável, economizando até 95% da conta de luz.

O Financiamento

Disponibilizado para todos os clientes cadastrados junto ao BNB e com crédito aprovado, a linha atende até 100% do valor para aquisição de todos os componentes dos sistemas de micro e minigeração que utilizem as fontes incentivadas (fotovoltaica, eólica, de biomassa ou pequenas centrais hidroelétricas), assim como o serviço de instalação.

O prazo para parcelamento é de até 12 anos e o banco ainda disponibiliza uma carência de 6 meses até 1 ano para início do pagamento. O FNE SOL do BNB trabalha com diversas formas de garantia, cumulativas ou alternadas, e as quais são: Hipoteca, Fiança ou Aval e Alienação Fiduciária.

Esta última pode até incluir os próprios equipamentos financiados, desde que o financiamento seja limitado em até 75% do valor dos bens que compõem o sistema.

O FNE SOL atende apenas a pessoa jurídica e é destinado à empresas de todos os portes e setores, como indústrias, agroindústrias, comércio e de prestação de serviços, assim como produtores e empresas rurais, cooperativas e associações legalmente constituídas.

O financiamento utiliza recursos do FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste) e atende os consumidores dos nove Estados que compõem a região nordeste do Brasil ( Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe), além das regiões norte dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

Exceto pelo Espírito Santo, todos os outros Estados atendidos pelo FNE SOL já possuem a isenção do ICMS através do convênio ICM 16 do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária) o que aumenta ainda mais a rentabilidade dos sistemas.

Cartilha FNE Sol

Com o intuito de contribuir para a sustentabilidade ambiental da matriz energética da região Nordeste, o BNB lançou,  juntamente a linha de crédito, a sua Cartilha de Financiamento à Micro e Minigeração Distribuída de Energia Elétrica.

Nela, é apresentado o cenário do consumo de energia na região, ainda amplamente dependente das fontes hídrica e termelétrica, e como as fontes renováveis podem ajudar a tornar essa matriz limpa.

A cartilha também apresenta um breve resumo de como funciona o segmento de geração distribuída no Brasil e as novas modalidades de geração recentemente criadas, além do passo-a-passo de como o consumidor pode requisitar o crédito do FNE SOl.

A cartilha pode ser acessado clicando nesse link: Cartilha FNE SOL

Passo a Passo para Solicitar o FNE SOL

Para solicitar esse tipo de financiamento de energia solar, o você deve procurar uma empresa de energia solar de confiança e solicitar o orçamento do projeto do seu sistema gerador.

Com orçamento de energia solar em mãos, você deverá então procurar a agência do banco mais próxima para o cadastramento e negociação das condições do financiamento.

Em seguida, a proposta acordada é submetida ao comitê de crédito e, após aprovação, o contrato do financiamento deverá ser assinado pelas partes envolvidas.

Uma vez com o contrato acertado, você já pode, com o auxílio da empresa instaladora escolhida, submeter o projeto do sistema de energia solar junto a concessionária para liberação de acesso à rede.

O valor financiado não é liberado de uma só vez, sendo 70% na entrega dos equipamentos para o cliente, 15% após concluída a instalação do sistema e os outros 15% depois que este foi ativado na sistema de compensação pela concessionária.

Acabado o período de carência, inicia-se o pagamento das parcelas do financiamento até a quitação do mesmo.

FNE Sol: Taxa de Juros

Apresentando taxas de juros bastante atrativas, o FNE Sol do Banco do Nordeste é definitivamente a linha de financiamento mais atrativa para energia solar fotovoltaica no Brasil, onde as parcelas são projetadas conforme a economia esperada com o uso do sistema gerador.

As taxas são diferenciadas por porte da empresa e por setor, rural e não rural. Além disso, o banco oferece um bônus de adimplência de 15%, sobre os juros, para o mutuário que pagar suas mensalidades em dia.

De acordo com informação do próprio site do banco, as taxas de juros do FNE SOL ficam como descrito abaixo:

FNE SOL: Tabela Juros

FNE Sol Simulador

Visando apresentar uma estimativa do financiamento aos seus clientes, o Banco do Nordeste também disponibiliza em seu site o seu simulador de Investimento do FNE SOl, o qual pode ser baixado aqui.

Com o Simulador FNE Sol, você poderá simular o valor do seu financiamento, incluindo os dados do seu projeto, como:

  • Valor da conta mensal de energia, quanto de recurso próprio ele colocará no financiamento (mínimo de 25%)
  • Reajuste anual da energia (inflação energética, pode-se considerar entre 6% a 8% no país)
  • A área de atuação da empresa (Rural/Agroindustrial ou Comercial/Industrial/serviços) prazo de carência que deseja (Até 1 ano)
  • Prazo de amortização (até 12 anos/144 meses) e a periodicidade dos pagamentos (Mensal/Trimestral/Semestral/Anual).

Após inserir essas informações, o simulador então apresenta os resultados completos: valor das parcelas do financiamento principal, valor mensal de juros, total de financiamento (principal + Juros), o bônus de adimplência sobre o juros e o total da parcela com bônus.

A ferramenta ainda simula o quanto você estaria pagando para a concessionária de energia e a economia obtida no período através do financiamento.

Como exemplo, fizemos uma simulação considerando um valor mensal de energia em R$5 mil, colocando o mínimo de 25% de recurso próprio, com uma tarifa energética de 8% ao ano, para uma empresa do segmento não rural, com carência de 6 meses e prazo de amortização de 10 anos.

O resultado foi uma economia total no período de R$549.079,03, com parcelas iniciais, já contando o bônus de adimplência, em cerca de R$3.800,00.

É importante salientar, e conforme consta no próprio simulador FNE Sol, que os valores apresentados são apenas simulações/estimativas.

Porém, o limite de crédito, prazo, carência e taxa são analisados, caso a caso, pelo banco, que estuda a situação do cliente junto ao banco e as garantias oferecidas pelo mesmo.

FNE Sol para Pessoa Física

A linha de financiamento FNE SOL atende apenas as pessoas jurídicas, contudo, no dia 24 de maio de 2017, o Banco do Nordeste lançou outra linha de financiamento, o Agroamigo Sol, a qual atende a pessoa física e é voltada para o agricultor familiar.

FNE Sol Para Pessoa Jurídica

Atendendo as mais diversas empresas e indústrias, o FNE SOL, após um ano do seu lançamento, já é um sucesso, tendo liberado 26,1 milhões de reais em projetos de energia limpa, a maioria utilizando a tecnologia solar fotovoltaica.

Somente no Ceará, R$3,1 milhões foram liberados para 23 operações de crédito.

Um caso de sucesso no uso do financiamento FNE SOL para implantação de sistema de microgeração de energia foi o de um supermercado, localizado na cidade de Janaúba, norte do estado de Minas Gerais.

Para instalar um sistema fotovoltaico de 56, 42kWp, com 182 módulos fotovoltaicos e 4 inversores, o mercado contou com o financiamento do BNB para suprir parte dos R$360 mil investidos, o qual teve 6 meses de carência para pagamento e será parcelado em 72 vezes.

Atendendo todo o seu consumo elétrico, o sistema fotovoltaico instalado tem uma geração média mensal de 6.953 kWh, com isso, o supermercado teve uma economia de 98% em sua conta de energia, passando de R$5.494,71 para apenas R$109,24! (veja imagens abaixo). 

FNE SOL: Economia na conta de luz do supermercado Dikão

O sistema foi comercializado e instalado pela Blue Sol Energia Solar.

E você, dono de empresa ou indústria, também deseja obter essa economia de até 98% em sua conta de energia? Então solicite um orçamento de energia solar agora mesmo.

Analista de Marketing
Redator e Tradutor

Recomendamos para Você: