Novidade no mercado, franquia de energia Solar no Brasil é negócio lucrativo

Franquia de energia solar no Brasil: Um negócio de Sucesso
Novidade no mercado, franquia de energia Solar no Brasil é negócio lucrativo
O que achou?

Unindo o modelo de negócios mais buscado por novos empreendedores a um dos setores que mais crescem no país, a franquia de energia solar no Brasil chega ao mercado como uma forma de sucesso garantida.

O sistema de franquias vem, a muitos anos, sendo a principal escolha de empreendedores na hora de montar um novo negócio. As razões para essa preferência são muitas, uma vez que, em um mercado cada vez mais competitivo, escolher por uma marca já consolidada e de prestígio no mercado e ainda contando com todo o suporte desta, é uma opção bem mais segura do que abrir um negócio “do zero”.

De acordo com os dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising), entidade máxima sobre o assunto no Brasil, o crescimento no faturamento das redes de franquias, de 2014 para 2015, foi de 8,3%. O número de redes franqueadoras, no mesmo período, subiu de 2.942 para 3.073, um aumento de 4,5%. Já o número de unidades franqueadas cresceu 10,1%, saltando de 125.641 para 138.343.

Esses números mostram a preferência pelo sistema de franquias, e são a prova de que elas são um negócio rentável e de sucesso, sendo uma ótima escolha, tanto para empresários e donos de empresas, como para aqueles que desejam montar seu próprio negócio.

Com crescimento acelerado, setor é propício para Franquia de energia Solar no Brasil

O setor de energia solar é hoje um dos que mais crescem no Brasil e no mundo. Com os governos apostando em soluções sustentáveis para amenizar suas emissões de carbono e os impactos ambientais causados pelas fontes de energia tradicionais, como o carvão e os combustíveis fósseis.

No Brasil, outro fator a favor do uso da energia solar e outras renováveis é a necessidade cada vez maior que temos em diversificar nossa matriz energética e deixar de sermos tão dependentes da fonte hídrica, a qual, devido as longas estiagens que assolam o país, têm apresentado quedas cada vez maiores em sua produção.

O setor solar no Brasil possui duas frentes distintas de atuação, o segmento de geração centralizada e o de geração distribuída. O primeiro trata-se das instalações de grande porte, mais precisamente as usinas solares. Já o segundo refere-se as instalações nos próprios locais de consumo, ou seja, nas casas, empresas, indústrias, entre outros.

E é justamente nesse último que o setor vem crescendo de forma mais acelerada, apresentando um aumento impressionante no número de instalações nos últimos anos. Se em 2012, antes das normas que regulamentam o setor solar fotovoltaico (Resolução 482 e 687 da Aneel) estarem em vigor, o país apresentava apenas três sistemas fotovoltaicos conectados à rede, hoje já são quase sete mil.

Isso, contudo, não é nada ainda. Segundo projeções oficiais do setor, até 2024 serão 1,2 milhão de consumidores gerando sua própria energia limpa através da luz do sol.  Não é difícil acreditar nesses números, sendo que cada vez mais brasileiros estão optando por gerar sua própria energia como forma de fugir das altas tarifas energéticas. Segundo pesquisa recente, inclusive, a maioria dos consumidores têm interesse por painel solar.

Empresa pioneira do setor, Blue Sol anuncia entrada no mercado de franchising

Todo esse crescimento tem feito do mercado uma opção cada vez mais procurada por profissionais e empreendedores, os quais enxergam nele a oportunidade de sucesso e grande retorno financeiro. Tratando-se de franchising, a possibilidade de trabalhar com um produto focado em sustentabilidade, assunto muito em voga entre os consumidores, faz do negócio de franquia de energia solar no Brasil uma garantia de sucesso e retorno financeiro.

Foi justamente pensando nisso que a Blue Sol Energia Solar, empresa fundada pelos sócios Nelson Colaferro (pai), José Renato Colaferro e Luis Otávio Colaferro (filhos), decidiu entrar nesse ramo e lança agora a franquia de energia solar no Brasil. A notícia foi recebida com entusiasmo por agentes do setor, tendo ganhado destaque em vários sites e portais famosos, como o UOL.

“Percebemos que nosso modelo de negócios é muito assertivo e potencializa o crescimento de uma empresa no setor fotovoltaico. Aliado ao modelo de franquias, que é um dos formatos mais bem-sucedidos de expansão no Brasil, temos boas chances de sucesso”, avalia José Renato.

Empresa pioneira do setor, a Blue Sol atua desde 2009 com projetos e instalações de sistemas fotovoltaicos On-Grid, além de capacitação e parceria. Hoje, contando já com mais de 6 mil profissionais capacitados e centenas de sistemas instalados por todo o país, a empresa continua crescendo, aproveitando o ótimo momento do mercado no país.

“Já são quase 7.000 sistemas instalados e comercializados no Brasil, quase três vezes mais que em 2015. Os consumidores têm percebido os benefícios de gerar a própria energia que consomem e os aumentos no valor da taxa de energia tem feito com que as pessoas busquem outra maneira de suprir suas necessidades energéticas. Além disso, muitos estão preocupados também com a questão ambiental”, explica Nelson.

A franquia

Franquia de energia solar no Brasil
Franquia de energia solar é negócio de crescimento garantido

O franqueado Blue Sol efetuará a venda e instalação dos sistemas, ficando a elaboração do projeto, fornecimentos dos equipamentos, logística e conexão às distribuidoras, de responsabilidade da empresa franqueadora. O franqueado terá ainda todo o suporte da Blue Sol, contando com treinamentos e manuais exclusivos sobre o modelo de negócio, além de um marketing unificado, agregando força à marca.

Por se tratar de um mercado muito específico, segundo Nelson, a escolha dos candidatos será criteriosa, sendo características desejadas no futuro franqueado: bom conhecimento sobre o setor, visão de negócio de médio e longo prazo e preocupação com a sustentabilidade. “É muito importante que o candidato à franquia de energia solar no Brasil da Blue Sol tenha, também, entendimento financeiro e administrativo para gerir e operar o negócio com eficiência”, ressalta Colaferro.

O custo de um projeto residencial básico, hoje no Brasil, fica pouco mais de R$18 mil, sendo capaz de abastecer uma casa de três quartos. “O sistema é construído para gerar energia por, no mínimo, 25 anos, e praticamente não exige manutenção, pois não há atrito mecânico”, diz Nelson Colaferro. No entanto os preços vêm caindo a cada ano, e as previsões são de que a fonte solar será a forma de geração de energia mais barata em alguns anos.

Além disso, graças as novas modalidades de geração trazidas pela última regulamentação do setor em vigor, alguns tipos de consumidores que antes não tinham como usufruir da energia solar devido à falta de local para instalação dos sistemas, como moradores de prédios e condomínios, hoje já podem gerar sua própria energia.

Previsões Positivas

Com esse cenário positivo da energia solar no Brasil, a empresa estima a abertura de 20 unidades franqueadas até o final deste ano, além de contar com 20 mil sistemas instalados por todo o Brasil até 2020.

Para os interessados no modelo de franquia de energia solar no Brasil, a empresa conta com um canal específico para informações que pode ser acessado por todos aqueles que desejam saber mais informações sobre a franquia solar Blue Sol.

Fontes de Informação:
ABF – Fonte        BOL Notícias – Fonte         Jornal da Franquia – Fonte        Encontre sua Franquia – Fonte        Guia Franquias de Sucesso – Fonte

Analista de Marketing
Redator e Tradutor

Recomendamos para Você: