Instalação de Energia Solar: Quanto Custa Para Obter Essa Economia + As 7 Informações Imprescindíveis

Instalação de Energia Solar: Quanto Custa Para Obter Essa Economia + As 7 Informações Imprescindíveis
5 (100%) 1 vote

A Instalação de Energia Solar pode transformar o seu telhado em um gerador de energia elétrica e traz três benefícios imediatos: economia de até 95% na sua sua conta de luz; proteção contra a inflação energética e valorização do seu imóvel. 

Era um costumeiro dia de sol forte brasileiro quando João pegou sua conta de luz da caixa de correio e, ao abri-la, teve nova angústia e revolta ao se deparar com outra pesada cobrança da distribuidora para a energia que ele consumiu.

Assim como João, essa é uma história que se repete todos os meses com outros milhões de brasileiros, assim como eu e você, que vivem em um país com a quinta mais cara energia elétrica do mundo.

Desde 2012, no entanto, milhares de brasileiros vem transformando essa realidade através da instalação de energia solar para gerar a própria energia elétrica, seja em suas casas, empresas, agronegócios ou até mesmo órgãos públicos. 

Um Novo Movimento…

Utilizando os chamados sistemas fotovoltaicos On-Grid, esses consumidores conseguem gerar toda a energia que consomem e, assim, obtém uma redução de até 95% no valor de sua conta de luz, além de ficarem imunes a sua inflação.

De forma simples, o funcionamento desses sistemas começa com as famosas placas solares (módulos fotovoltaicos) que captam a luz do sol e a convertem em energia elétrica dentro de suas células através do chamado efeito fotovoltaico.

Essa energia passa pelo inversor interativo, que a converte para os padrões da nossa rede para que possa ser consumida imediatamente e, caso não haja consumo, ela é injetada na rede de distribuição e “emprestada” para a distribuidora.

É isso mesmo, esses sistemas funcionam em conjunto com a rede elétrica da distribuidora e, como geram energia só com a luz do sol, durante a noite ou em momentos de pouca geração a energia consumida vem dela.

No final do mês, a distribuidora irá realizar o balanço dessa energia injetada/consumida, sendo que todo Watt injetado na rede elétrica gera um crédito energético que “paga” um Watt consumido dela.

Esse sistema de créditos, chamado de sistema de compensação de energia elétrica, foi criado pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) em sua Resolução Normativa 482, de 2012, e foi o marco que inaugurou esse segmento.

Confira a rápida explicação sobre o funcionamento desses sistemas através da animação abaixo:

Trata-se de um novo movimento que ganha força no país, com a tecnologia ficando mais acessível com a queda de seus preços e, por outro lado, a inflação energética crescendo devido a crise do nosso setor elétrico.

Este artigo irá explicar absolutamente tudo o que você precisa saber sobre a instalação de energia solar, através de respostas diretas para as 8 perguntas mais frequentes de quem busca essa economia para a sua vida.

#1 Como Fazer Instalação de Energia Solar?

Caso você estava em marte e só agora retornou a terra, a instalação de energia solar é uma prática comum hoje entre os consumidores para fugir de uma situação onde o único preço a pagar pela energia é aquele cobrado pela distribuidora.

A questão é que cada pessoa, casal ou família consome uma quantidade de energia, por isso os projetos para instalação de energia solar variam para cada um.

E agora? Como faço? Relaxa! Através de uma empresa de energia solar você rapidamente consegue ter o seu projeto dimensionado e seu sistema pode estar instalado e gerando energia para você em muito pouco tempo.

É tudo muito prático e tranquilo, sendo que a empresa cuidará de todas as etapas do projeto, inclusive a solicitação de acesso do sistema à rede da distribuidora, e irá entregá-lo a você já pronto e funcionando.

Peraí, eu tenho conhecimento em elétrica e quero fazer a instalação do meu próprio sistema!

Não é tão simples assim. A tecnologia fotovoltaica possui conceitos específicos e requer profissionais capacitados para a instalação de energia solar, os quais assinam e ficam responsáveis pelo projeto junto a distribuidora local.

Além disso, como vimos não são apenas as placas que compõem o kit de equipamentos do sistema, mas também inversor e outros dispositivos que garantem a segurança e eficiência na geração elétrica.

#2 Qual o Kit para Instalação de Energia Solar?

Todos os equipamentos que compõem o sistema fotovoltaico, mais cabos e estruturas, compõem o que se pode chamar de kit para instalação de energia solar residencial, ou outro.     

Quando falamos nesses sistemas, muitas vezes o que todos lembram é do painel instalado no telhado, mas, embora desempenhe papel crucial, ele nem é considerado o principal componente.

Um kit de energia solar fotovoltaica deverá conter um ou mais dos equipamentos listados abaixo: 

  • Painel Solar Fotovoltaico: é o conjunto de módulos fotovoltaicos (visto que mais de um deles são necessários para gerar a energia suficiente) que são fixados geralmente sobre os telhados para a captação da luz do sol. 
  • Inversor Fotovoltaico Interativo: é o “cérebro” de um sistema fotovoltaico e considerado o seu principal equipamento, pois converte a energia gerada pelas placas no tipo de energia que consumimos de nossas tomadas (de corrente contínua para corrente alternada), além de direcionar a energia não consumida para a rede da distribuidora. 
  • Caixa de Junção / String box: conjunto de componentes para proteção dos módulos contra surtos de redes e demais danos elétricos, como também a chave de acesso para desligamento do sistema no caso de reparo.   
  • Estruturas de suporte e ancoragem: são os trilhos e demais componentes necessários para fixar os módulos sobre o telhado, ou, caso forem ficar sobre o solo, as estruturas de suporte com a altura adequada.
  • Cabeamento: todo o conjunto de cabos e conectores para fazer a ligação elétrica entre os equipamentos do kit de energia solar fotovoltaica.

Para sistemas fotovoltaicos isolados da rede (Off-Grid), o kit ainda é composto de um banco de baterias e um equipamento chamado controlador de carga, que fazem o armazenamento da energia gerada e não consumida.

Podemos ver, então, que as placas solares sozinhas não compõem um kit de energia solar, mas sim o conjunto de todos os equipamentos usados na captação e conversão da luz em eletricidade. 

#3 Como Funciona a Instalação de Energia Solar?

A instalação dos sistemas fotovoltaicos costuma ser a parte mais rápida de todo o processo da compra da energia solar, o qual envolve 8 passos:

  1. Orçamento e negociação
  2. Fechamento
  3. Visita Técnica
  4. Projeto Executivo
  5. Processo Logístico
  6. Planejamento da Instalação
  7. Instalação
  8. Comissionamento e Conexão Na rede

A instalação do sistema acontece após todo o projeto já ter sido desenvolvido e aprovado, com todos os equipamentos já entregues no local e com a data da obra já estabelecida entre você (cliente) e a empresa.

Para isso, a empresa já terá definida a equipe de instalação e quantos dias serão necessários para o serviço, sendo que em uma instalação residencial esse prazo costuma ser entre 3 e 4 dias, com uma equipe de 3 profissionais.

A instalação começa com a estrutura de fixação dos módulos, sendo os trilhos corretamente parafusados e nivelados para que as placas, quando instaladas, não sofram com problemas de torção ou mal encaixe.

Logo em seguida, os módulos são desembalados individualmente e içados com cordas até o telhado para serem fixados nos trilhos.

Após a fixação dos módulos solares, inicia-se então a instalação da parte elétrica do sistema solar fotovoltaico. O inversor interativo é fixado na parede, logo em seguida a string box, com os fusíveis, DPS, chave seccionadora e disjuntores.

O instalador fará também a conexão elétrica desse sistema solar, através dos cabos fotovoltaicos e o aterramento de todos os componentes metálicos ou que possuam contatos elétricos, desde o inversor até o trilho de fixação.

Além disso, o inversor interativo é conectado à unidade consumidora (sua casa), através do quadro de distribuição do imóvel ou através do ramal de entrada do local. Em ambos os casos, essa conexão é feita através de disjuntores.

Por fim, a equipe de instalação faz os últimos testes no sistema fotovoltaico. A conexão de todos os componentes de proteção é checada, juntamente com os módulos fotovoltaicos e cabeamento.

O técnico afere os níveis de tensão e corrente de geração, instala as placas sinalizadoras de geração distribuída na unidade consumidora e finaliza o atendimento.

Após finalizada a instalação, resta à distribuidora enviar técnicos para averiguar a obra e, estando tudo conforme o projeto, o sistema é conectado à rede e o relógio de força substituído por um modelo bidirecional.

 

#4 Tem Como Fazer Instalação de Energia Solar em Apartamento?

Mas eu moro em apartamento e não tenho telhado ou espaço para a instalação do sistema, como faço?

Essa barreira que impedia milhões de consumidores brasileiros de gerar a sua própria energia elétrica foi solucionada pela Aneel em 2015, através de sua Resolução Normativa 687 que criou três modalidades de geração.

Usando o sistema de compensação de energia elétrica e os créditos energéticos, essas modalidades permitiram que consumidores sem espaço próprio pudessem gerar de forma remota ou compartilhada a sua energia. Elas são:

Geração em Empreendimento com múltiplas unidades consumidoras

São os condomínios residenciais ou prediais, onde os consumidores se unem para instalar um micro ou minigerador central e compartilhar da energia gerada, assim como utilizá-la para alimentar as áreas de uso coletivo, sendo que o sistema fica a cargo da administração do condomínio ou proprietário do empreendimento e cada casa ou apartamento, assim como a área comum, constituem uma unidade consumidora. 

Também é necessário que as unidades consumidoras estejam localizadas em uma mesma propriedade ou em propriedades contíguas, sendo vedada a utilização de vias públicas, de passagem aérea ou subterrânea e de propriedades de terceiros não integrantes do empreendimento.

Exemplo:

Você, morador de apartamento, pode se juntar a outros consumidores do seu prédio para adquirirem um sistema que será instalado em área comum do condomínio, dividindo os créditos gerados e usando para abater do consumo de seu apartamento.

Geração compartilhada

Quando dois ou mais consumidores que estejam sobre a mesma área de concessão da distribuidora se unem, através de consórcio ou cooperativa, para instalar um micro ou minigerador e compartilhar dos créditos gerados por este.

A geração compartilhada permite a união de consumidores pessoas físicas (CPF) ou jurídicas (CNJP), e estes deverão definir previamente a porcentagem da energia gerada e que será compensada para cada um.

Exemplo:

Você morador de apartamento, pode se juntar a um ou mais outros consumidores que também não tem espaço para sistemas próprios e, juntos, adquirirem um sistema, que deverá ser instalado em local diferente, porém dentro da área de concessão da distribuidora. Os créditos gerados serão compartilhados na porcentagem pré-definida à instalação para abater do consumo local de cada participante.

Geração de AutoConsumo Remoto

Essa modalidade permite a um morador de apartamento (ou casa também), mas que tenha outro imóvel ou terreno para instalação de energia solar, implantar lá o sistema e utilizar os créditos gerados para abater do seu consumo.

Este local onde será instalado o sistema deve ser da mesma propriedade do consumidor e ambos devem estar localizados dentro da área de concessão da mesma distribuidora.

Essa modalidade beneficia também consumidores que moram em imóveis alugados e que não podem instalar o sistema neste, porém que possuem um terreno com espaço disponível.

Ainda, a instalação de energia solar para autoconsumo remoto também traz vantagem para aqueles consumidores com local disponível onde residem, porém que também possuem espaço em outro local com maior irradiação e condições técnicas mais favoráveis para geração solar.

Como exemplos de uso dessa modalidade, podemos citar:

  • Instalação do sistema em um sítio, fazenda ou casa de praia e compensação dos créditos no apartamento ou casa na área urbana;
  • Instalação do sistema em um terreno ou lote vazio e compensação dos créditos em casa de condomínio;
  • Instalação do micro ou minigerador na sede da empresa e utilização dos créditos na(s) filial(s).

#5 Compensa a Instalação de Energia Solar?

Com o preço da energia elétrica tomando cada vez mais espaço no orçamento mensal, a economia de até 95% na conta de luz é, por si só, um argumento definitivo para a validade da instalação de energia solar.

Segundo dados do Ministério de Minas e Energia (MME), a constante inflação energética brasileira já acumula um aumento de 499% no valor da energia elétrica desde 2012.

Podemos, ainda, listar pelo menos mais 7 benefícios da instalação e utilização da energia solar:

1) Rápido Retorno do Investimento (ROI)

A aquisição de um sistema de energia solar representa um investimento que volta ao cliente na forma da economia obtida na conta de luz.

Segundo recente levantamento feito sobre esse tempo de retorno, conhecido como payback, mostra que, para instalações residenciais, esse prazo hoje fica entre 3 a 6 anos, dependendo da região.

2) Longa Vida Útil da Tecnologia

Em contrapartida, os equipamentos dos sistemas fotovoltaicos possuem uma vida útil de geração de, pelo menos, 25 anos para os módulos e de 15 ou mais para os inversores, prazo muito acima do payback.

3) Pouca Manutenção

Sistemas fotovoltaicos demandam pouca manutenção, sendo a limpeza dos módulos a mais necessária, porém apenas em lugares muito secos e com acumulo de poeira.

A manutenção elétrica também é necessária, porém feita apenas uma ou duas vezes por ano, e garante a longa vida útil do sistema.

4) Resistência a Intempéries

Por ficarem expostas sobre os telhados e sujeitas as condições climáticas, as placas solares são fabricadas com as mais altas medidas de segurança, evitando danos ou riscos para o sistema e o imóvel.

5) Rápida Instalação

Como já citado, a instalação do sistema é a parte mais rápida de toda a negociação e, à parte de alguma complicação, o prazo médio das instalações residenciais são de 2 a 3 dias.

6) Geração Silenciosa

Preocupado com barulhos ou ruídos vindos do telhado e tirando a sua paz? Que nada! A geração de energia pela tecnologia solar fotovoltaica é totalmente silenciosa.

Isso porque ela utiliza o processo fotovoltaico, e não mecânico, para gerar energia elétrica, que ocorre silenciosamente dentro de cada uma das células que compõem o módulo.

Portanto, fique tranquilo, pois você poderá tirar aquele cochilo da tarde gostoso no final de semana, ligar seu ar condicionado ou ventilador com a certeza de que não terá altas contas de luz no final do mês.

7) Imunidade Contra a Inflação Energética   

Por último, o melhor. Instalar um sistema fotovoltaico, além de um investimento com alto retorno, é ficar protegido contra a inflação energética que assombra o bolso dos brasileiros.

Devido ao fato de como está estruturado o setor elétrico do Brasil, fora os acontecimentos recentes que criaram dívidas a serem pagas por nós, consumidores,o preço da energia continuará subindo.

Mais um mês de bandeira vermelha? Pouco importa para quem gera a própria energia diretamente do seu telhado. Esse é o poder libertador que a energia solar entrega a você. 

#6 Quanto Custa a Instalação de Energia Solar (residencial)

Nesse ponto você já deve estar enxergando a instalação de energia solar como uma ótima opção e já imaginando o seu telhado com um belo painel solar nele, correto?

Claro, são muitos benefícios advindos com o uso da tecnologia e razão pela qual o número dos sistemas não para de crescer no país.

Mas, afinal, quanto custa para instalar o sistema em minha casa?

Como explicado no começo desse artigo, os sistemas são projetados de forma exclusiva para cada cliente, em virtude de seu consumo e peculiaridades de cada imóvel e localidade.

No entanto, tomando como base o consumo elétrico de equipamentos básicos para qualquer residência, como geladeira, ar-condicionado e máquina de lavar, chegamos aos valores médios abaixo para casas de pequeno, médio e grande porte:

Nível de Consumo Pequeno Médio Grande
Potência do Sistema 2 kWp 4 kWp 8 kWp
Faixa do consumo mensal 250 a 350 kWh/Mês 550 a 660 kWh/Mês 1000 a 1100 kWh/Mês
Preço médio R$14.080,00 R$23.040,00 R$41.200,000

Os valores acima foram calculados com base no custo médio nacional do watt de energia solar, computados em junho de 2018 pela empresa de pesquisa Greener e divulgados em seu relatório “Estudo Estratégico – Mercado Fotovoltaico de Geração Distribuída – 2º Semestre de 2018”.

#7 Existe Financiamento Para Instalação de Energia Solar?

E como existe! Linhas de financiamento específicas para a instalação de energia solar são uma realidade crescente no Brasil e solucionam o maior entrave para quem busca a tecnologia: o alto valor do sistema.

Entre os bancos públicos e privados que oferecem crédito para energia solar, podemos destacar:

Santander – O banco trabalha com linhas de financiamento exclusivas que podem ser solicitadas pela empresa de energia solar ou diretamente nas agências.

Banco do Brasil – As linhas de financiamento para energia solar do Banco do Brasil possuem prazos e taxas atrativas, muitas delas sendo repasses de verba de programas do governo para fomento da tecnologia.

BNDES – É o principal banco de fomento utilizado pelo governo para impulsionar e incentivar a adoção da tecnologia fotovoltaica. As linhas BNDES energia solar oferecem os melhores prazos e taxas. 

Banco do Nordeste – Dedicado a esta região do Brasil, o BNB trabalha com fundos de fomento, como o FNE, e linhas próprias para a instalação de energia solar para pessoas físicas e jurídicas.

Saiba mais sobre o financiamento de energia solar e as principais linhas através deste artigo.

#8 Como Faço Um Orçamento Para Instalação de Energia solar?

Após conhecer todas as vantagens e facilidades que existem para a instalação de energia solar, é provável que você esteja sonhando com a economia que pode ter e pronto para conhecer o seu projeto.

Para isso, basta que você solicite um orçamento do seu projeto e sistema, o que pode ser facilmente solicitado através da internet.

A Blue Sol, empresa com 10 anos de história no mercado e responsável pela instalação de mais de 1.000 sistemas em todo o Brasil, está pronta para lhe entregar um orçamento rápido, preciso e 100% grátis.

Atuamos pelo Brasil através de uma matriz e várias unidades franqueadas, todas com a mesma qualidade de atendimento e prestação de serviços.

A partir das opções abaixo, escolha o local mais próximo a você e solicite agora mesmo o seu orçamento para instalação de energia solar em:


Venda e instalação de energia solar em Manaus
Blue Sol Energia Solar em Manaus 

 


Venda e instalação de energia solar em Fortaleza

Blue Sol Energia Solar em Fortaleza

 


Venda e instalação de energia solar em Goiânia

Blue Sol Energia Solar em Goiânia

 


Venda e instalação de energia solar em Cuiabá

Blue Sol Energia Solar em Cuiabá

 


Venda e instalação de energia solar em Recife

Blue Sol Energia Solar em Recife

 


Venda e instalação de energia solar em Curitiba 
Blue Sol Energia Solar em Curitiba

 


Venda e instalação de energia solar no Rio de Janeiro

Blue Sol Energia Solar no Rio de Janeiro

 


Venda e instalação de energia solar em Araraquara 

Blue Sol Energia Solar em Araraquara

 


Venda e instalação de energia solar em Barueri

Blue Sol Energia Solar em Barueri

 


Venda e instalação de energia solar em Bauru

Blue Sol Energia Solar em Bauru

 


Venda e instalação de energia solar em Campinas

Blue Sol Energia Solar em Campinas

 


Venda e instalação de energia solar em Franca 

Blue Sol Energia Solar em Franca

 


Venda e instalação de energia solar em Sorocaba

Blue Sol Energia Solar em Sorocaba

 


Venda e instalação de energia solar em Sumaré

Blue Sol Energia Solar em Sumaré

 


Venda e instalação de energia solar em São José dos Campos

Blue Sol Energia Solar em São José dos Campos

 

 


Venda e instalação de energia solar em Vinhedo

Blue Sol Energia Solar em Vinhedo

 


Venda e instalação de energia solar em Ribeirão Preto

Blue Sol Energia Solar em Ribeirão Preto

 


Hey! O que achou do artigo? Deixe sua opinião, dúvida ou sugestão abaixo, ela é muito importante para nós. 

Analista de Marketing
Redator e Tradutor