Líder Nacional na Geração Solar Distribuída, MG Libera Novo Incentivo

Líder Nacional na Geração Solar Distribuída, MG Libera Novo Incentivo
5 (100%) 3 votes

Com altos índices de irradiação solar e outros fatores que aumentam a rentabilidade dos sistemas fotovoltaicos, Minas Gerais ocupa por anos a liderança nacional na geração distribuída em energia solar, reflexo também de seu governo pró-solar e que acaba de anunciar novo incentivo à tecnologia.

Minas gerais poderia muito bem ser apelidado com o “estado solar” do Brasil, contando atualmente com mais de 4.400 unidades consumidoras com micro e minigeradores, o estado vem ocupando a anos a liderança na geração de energia distribuída.

As razões para isso são muitas. Localizada em posição privilegiada na região Sudeste do Brasil, Minas Gerais apresenta níveis de irradiação solar semelhantes àqueles da região Nordeste, fator que potencializa a geração dos sistemas e aumenta a sua rentabilidade.

O governo do estado também tem feito seu papel para essa evolução, tendo lançado em 2015 o Plano de Energia e Mudanças Climáticas (PEMC), que visa agregar sustentabilidade em todos os setores que tenham impacto sobre as emissões de gases de efeito estufa, incluindo o elétrico.

Pioneiro na isenção do ICMS sobre a energia gerada pelo cliente, o governo agora acaba de implantar uma nova lei de incentivo a solar,  a Lei nº 22.866, publicada no último dia 09 de janeiro no Diário Oficial do Estado.

Segundo esta, os sistemas de energia solar fotovoltaico para micro e minigeração passar a valer entre aqueles financiados pelo Fundo de Fomento e Desenvolvimento Socioeconômico do Estado de Minas Gerais (Fundese).

Segundo a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), a medida irá atender microempresas, empresas de pequeno e médio porte, e também cooperativas com melhores condições para investir em sistemas fotovoltaicos.

Ainda de acordo com a declaração da Associação, com o novo incentivo esses empreendimentos terão agora maiores chances de aumentar a sua competitividade produtiva através da economia obtida na conta de energia, gerando a própria energia de forma limpa e ainda contribuindo para a sustentabilidade e preservação ambiental.

Com todo esse apoio à energia solar, não é erro prever que Minas Gerais deverá continuar liderando essa expansão da tecnologia no Brasil ainda por muitos anos.

Analista de Marketing
Redator e Tradutor

Recomendamos para Você: