Alemanha Registra Novos Recordes Na Sua Geração Elétrica Pela Solar Fotovoltaica e Eólica

Alemanha Registra Novos Recordes Na Sua Geração Elétrica Pela Solar Fotovoltaica e Eólica
5 (100%) 2 votes

Como um dos países em desenvolvimento com maior potencial de expansão da energia solar fotovoltaica, o Brasil pode mirar em exemplos de países onde a tecnologia já tem trazido resultados impressionantes, como a Alemanha.

O país, que hoje ocupa o terceiro lugar no ranking de maiores capacidades instaladas da fotovoltaica com cerca de 42,3 gigawatts (GW), atrás apenas da China e Japão, registrou novo recorde de geração solar no último mês de maio.

Ao todo foram gerados 5,9 Terawatts-hora (TWh) de energia elétrica através dos painéis fotovoltaicos, segundo o relatório do Fórum Econômico Internacional Para Energias Renováveis (International Economic Forum for Renewable Energies, ou IWR em inglês).

Isso significa um aumento de cerca de 16% em relação ao último recorde registrado no país, que foi de 5,1 TWh em maio de 2017. 

Embora as condições climáticas deste ano tenham garantido uma quantidade de horas de sol maior que a do ano passado (275 contra 196 no mês), esse ótimo desempenho da solar na Alemanha é apenas o resultado de um país que aposta cada vez mais em uma matriz energética limpa.

Além da energia solar, a Alemanha também se destaca na produção de energia eólica, com uma capacidade instalada de cerca de 55,9 GW, a qual registrou aumento de 30% em relação ao ano passado, fixando o novo recorde de 7,2 TWh.

Segundo o relatório da IWR, este novo recorde da geração elétrica pela força dos ventos pode ser atribuído aos últimos parques eólicos inaugurados na Alemanha no começo deste ano, enquanto cerca de 1,3 TWh dessa energia foi gerada em parques instalados em mar aberto.

Juntos, solar e eólica conseguiram gerar 13,1 TWh de energia elétrica em maio na Alemanha, um aumento de 22% em relação a 2017, enquanto que 65,2 TWh foram gerados pelas duas até agora neste ano, aumento de 18% em relação ao mesmo período de 2017.

Enquanto isso, no Brasil, onde os níveis de radiação solar superam os da Alemanha, a capacidade fotovoltaica atingiu seu primeiro gigawatts no começo desse ano, com previsão de alcançar 2 GW até o final de 2018.

Fonte de informação: PV Magazine – Site

Analista de Marketing
Redator e Tradutor

Recomendamos para Você: