Solar no Canal do Sertão e Escolas Estaduais São Planos de Alagoas

solar-no-canal-do-sertao-e-escolas-estaduais-sao-planos-de-alagoas
Solar no Canal do Sertão e Escolas Estaduais São Planos de Alagoas
5 (100%) 2 votes

Se o governo federal não parece muito disposto a incentivar a energia Solar no Brasil, visto a recente exclusão da fonte pelo Ministério de Minas e Energia de um dos leilões de contratação deste ano, os governos estaduais já vão na outra direção e apostam na Solar como forma de crescimento econômico e sustentável. 

E, segundo os planos revelados pelo vice-governador e secretário da Educação de Alagoas, Luciano Barbosa, o Estado deverá investir em projetos substancias de utilização da tecnologia fotovoltaica, mais precisamente a cobertura integral do Canal do Sertão com placas solares e a geração dessa energia limpa em escolas da rede estadual.

A revelação foi feita por Barbosa durante a reunião que teve com o embaixador do Canadá, Rick Savone, e o vice-cônsul comercial de tecnologias, Patrick Courcelles, realizada na manhã desta quinta, dia 10 de agosto, e a qual contou também com a participação dos secretários de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Helder Lima, e do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Alexandre Ayres.

Em visita ao Estado, após a reunião os representantes canadenses participaram de um seminário onde foram discutidas estratégias para o segmento solar de Alagoas e as possíveis formas de cooperação técnica entre os países, atraindo empresas do Canadá para o setor solar alagoense em desenvolvimento, o qual já conta com montadoras de módulos fotovoltaicos.

Segundo o embaixador canadense, o potencial de geração fotovoltaica no Brasil é enorme e, se trabalhado em conjunto, poderá trazer grande desenvolvimento e geração de empregos, alcançando assim uma visão de futuro de preservação ambiental, compartilhada pelo seu país.

Projetos Solares

Segundo o vice-governador, transformar o Canal do Sertão em uma imensa usina fotovoltaica faz parte dos planos do Estado, que celebra seus 200 anos, para o próximo meio século, através de projetos que tragam, além do desenvolvimento econômico, também um futuro com mais sustentabilidade e serviços de qualidade e consistência aos seus habitantes, como o suprimento de energia elétrica.

Já para as escolas da rede Estadual de Alagoas, que utilizam modernas tecnologias de alto consumo elétrico, como a lousa digital, computadores e aparelhos de ar-condicionado, a utilização da energia solar pode ser um meio de suprir esse elevado consumo com uma energia limpa e eficiente.

Os grandes telhados das escolas, segundo Barbosa, recebem de maneira ampla os altos índices de radiação solar do Estado e se tornam locais propícios para a instalação dos sistemas fotovoltaicos, além de agregar um valor pedagógico ao projeto, com os alunos aprendendo a importância dessa energia limpa para o meio ambiente.

Ainda de acordo com ele, o projeto de implantação já foi aprovado pelo governador do Estado, Renan Filho, e em breve será feita a licitação para compra dos equipamentos. As implantações serão feitas de maneira progressiva, começando por algumas escolas e sendo ampliada futuramente.

Fonte de Informação: Agência Alagoas – Site 

Analista de Marketing
Redator e Tradutor

Recomendamos para Você: