Tinta Solar É Nova Forma de Geração de Energia Limpa

Tinta Solar É Nova Forma de Geração de Energia Limpa
Tinta Solar É Nova Forma de Geração de Energia Limpa
6 (120%) 4 votes

Nos últimos anos, a energia solar tem apresentado um crescimento incrível em todo o mundo através das placas solares instaladas nos telhados de casas e empresas. Agora, entretanto, uma nova forma de captar essa energia do sol está sendo desenvolvida, a Tinta Solar.

Desenvolvido por um grupo de pesquisadores do Royal Melbourne Institute of Technnology (RMIT , ou Instituto de Tecnologia Real de Melbourne, em tradução livre), na Austrália, a tinta solar utiliza-se de compostos químicos para captar o vapor d’água (H2O) do ambiente e, com a energia solar, quebrá-lo em moléculas de oxigênio (O) e hidrogênio (H).

Este último, ao lado da solar e eólica, é considerado uma das fontes renováveis de energia do futuro, e um dos substitutos para os combustíveis fósseis. Ele pode ser usado como fonte de energia para a produção de energia elétrica, com células de combustível hidrogênio e motores de combustão a hidrogênio. 

Funcionamento da Tinta Solar

Para realizar esse processo, os pesquisadores adicionaram à tinta solar um composto recém desenvolvido que age de maneira similar ao gel de sílica, aquelas bolinhas utilizadas em embalagens de medicamentes e caixas de sapato para absorver a umidade, porém o qual também age como um semicondutor, por ser formado a base de um outro composto, o sulfureto de molibdênio sintético.

Esse composto, quando exposto a luz solar, serve como um catalisador do processo de divisão dos átomos de oxigênio e hidrogênio da água. Para auxiliar na captação da luz, foi adiciona a mistura um composto chamado de dióxido de titânio, pigmento branco que já é utilizado em pinturas.

De acordo com o pesquisador principal do estudo, Dr. Torben Daeneke, essa combinação permite com que uma parede pintada à base dessa tinta solar possa se transformar em uma mini geradora de energia limpa e renovável. Além disso, segundo ele, essa invenção possui um potencial de abrangência grande, visto as suas vantagens.

“Não há necessidade de água limpa ou filtrada para alimentar o sistema. Qualquer lugar que tenha vapor de água no ar, mesmo áreas remotas longe da água, pode produzir combustível“, afirma ele.

Embora já tenha apresentado resultado em laboratório, de acordo com os pesquisadores, ainda levará ao menos cinco anos para que possamos ver as primeiras aplicações reais dessa solução, uma vez que agora é preciso descobrir uma forma de armazenar esse hidrogênio produzido.

No entanto, quando essa nova solução chegar ao mercado, ela irá se juntar as outras diversas tecnologias inovadoras que estão ajudando a evoluir a tecnologia fotovoltaica e transicionar o mundo em direção a um futuro com mais sustentabilidade e qualidade de vida.

Assista abaixo ao vídeo de divulgação da tinta solar (em inglês):

Fonte de Informação: Business Insider – Fonte

Analista de Marketing
Redator e Tradutor

Recomendamos para Você: