Painéis Solares Em Telhados No Brasil Passam dos 100 Mil Em Agosto

Painéis Solares Em Telhados No Brasil Passam dos 100 Mil Em Agosto
5 (100%) 1 vote[s]

Consumir energia da rede elétrica, algo que até pouco tempo atrás era a única opção dos brasileiros, hoje é uma prática que cai em desuso para mais de 100 mil consumidores em todo o país.

Para estes, a fonte de sua energia agora não é mais as decadentes hidrelétricas, e sim uma gigante esfera nuclear localizada à milhões de quilômetros de distância do nosso planeta: o sol.

Os sistemas fotovoltaicos, que convertem a luz solar em energia elétrica através dos painéis solares e demais equipamentos, crescem forte hoje no país da quinta mais cara energia do mundo.

Segundo os dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), a qual criou as regras do segmento de geração distribuída em 2012, eram exatos 100.954 sistemas conectados à rede até o dia 21 de agosto deste ano.

Em termos de capacidade de geração instalada, isso representa mais de 1 Gigawatt (GW) de energia gerada pelos próprios consumidores, cansados dos aumentos anuais na conta de energia e suas bandeiras tarifárias.

E é justamente essa inflação na conta de luz o maior motivo que leva brasileiros a adotarem um novo modelo de vida, na qual são eles quem geram e controlam a energia que consomem, a um custo muito menor que o da rede elétrica.

Através do sistema de créditos energéticos criado junto às regras do segmento, esses consumidores conseguem abater em até 95% o valor de suas faturas por um período de mais de 25 anos, vida útil garantida do painel solar.

Mais ainda, a medida que a tecnologia se populariza no país seus preços apresentam quedas consecutivas, tornando os sistemas mais acessíveis e, inversamente, diminuindo o retorno sobre o seu investimento.

Para sistemas residenciais de pequeno porte, um sistema fotovoltaico hoje pode sair em torno de 15 mil reais e se pagar, em média, em 3,5 anos.

Somado aos incentivos hoje disponíveis para quem gera a sua energia, como isenção de ICMS sobre a carga gerada, e às várias linhas de financiamento oferecidas por bancos, instalar um gerador solar hoje é a melhor opção para os brasileiros.

Não a toa, a previsão oficial da ANEEL é que, até 2024, sejam 886.700 consumidores com geradores solares.