Capacidade Mundial da Energia Solar Fotovoltaica Será de 19 Terawatts Até 2050, diz Estudo

Capacidade Mundial da Energia Solar Fotovoltaica Será de 19 Terawatts Até 2050, diz Estudo
3 (60%) 2 votes

Todos sabemos que a capacidade mundial da tecnologia fotovoltaica cresce a cada ano, mas o quanto dessa capacidade podemos esperar para os próximos anos e como ela irá se comparar com as demais fontes renováveis?

A resposta é: muito, mais que qualquer uma das outras. É o que mostra o resultado do último relatório Perspectiva da Transição Energética 2018, da empresa norueguesa de consultoria e pesquisa energética DNV GL.

Segundo a previsão, os painéis fotovoltaicos serão os grandes campeões dessa transição mundial rumo as fontes de energias renováveis, crescendo 65 vezes e chegando a uma capacidade mundial acumulada de 19 Terawatts (TW) até 2050.

Essa é uma marca extraordinária para a tecnologia, que passaria a representar 40% da geração elétrica do mundo, enquanto os combustíveis fósseis e gás natural, por sua vez, sofreriam uma queda consecutiva para 60% de sua participação nesse período.

Em números, essa inversão representaria uma queda dos investimentos em combustíveis fósseis de cerca de 38% em relação ao total de US$3,4 trilhões em 2016, somando US$2,1 trilhões em 2015.

Já os investimentos na tecnologia solar fotovoltaica e demais energia renováveis subiria dos US$0,69 trilhões em 2016 para US$2,4 trilhões, superando as fontes poluentes. 

Um dado interessante que destaca do estudo é que, do total instalado até 2050, 30% ou 5,7 TW serão de painéis solares instalados nas casas, empresas e demais estabelecimentos da população, algo que mostra o tamanho desse mercado e as vantagens que atraem esses consumidores para a tecnologia.

Os 70% restantes serão representados pelas grandes usinas solares, diz o estudo, que ainda estima que essas, juntas, irão ocupar uma área equivalente a 0,3% da superfície terrestre.

Porém, embora isso represente uma gigantesca quantidade de energia elétrica gerada pela captação e conversão da luz do sol, essa só está disponível durante o dia, algo que será remediado com o uso crescente de sistemas de armazenamento.

De acordo com o estudo, cerca de 50 TWh (terawatt-hora) de capacidade de armazenamento será instalado no mundo até a mesma data de 2050.

Ainda nesse quesito, a DNV GL estima que no fim desse período 10% da frota de carros elétricos e suas baterias de íon-lítio estarão funcionando como sistemas de armazenamento, ou seja, como baterias de energia solar residencial.

Fonte de informação: PV Magazine – Link

Recomendamos para Você:

Analista de Marketing
Redator e Tradutor