Blue Sol recebe investimento da EDP Brasil

Blue Sol recebe investimento da EDP Brasil _ capa blog

A Blue Sol anuncia acordo de investimento com a EDP Brasil – tradicional empresa do setor elétrico com posicionamento global nas áreas de distribuição, transmissão, comercialização, serviços e geração de energia em mais de 14 países. Por meio da EDP Ventures Brasil, a EDP adquire participação de até 40% da empresa pioneira no segmento de energia solar.

Para a Blue Sol, o investimento da EDP deve acelerar as projeções de crescimento e alavancar o processo de digitalização do negócio. “Temos convicção de que a entrada da EDP na Blue Sol trará um importante salto de crescimento para o nosso negócio. Alçaremos nossa expansão a um novo patamar e, com a aplicação de mais recursos nos processos de digitalização e logística, será possível potencializar a experiência do consumidor. Consequentemente, a cultura da geração de energia solar no ponto de consumo ganhará ainda mais relevância”, afirma Nelson Colaferro, presidente da Blue Sol.

Em 2020, a Blue Sol vendeu projetos com mais de 17,5 MWp de potência. A empresa totalizou 50 MWp em projetos comercializados nos segmentos empresarial, residencial e no agronegócio entre 2015 e 2020 e busca, no curto prazo, aumentar expressivamente sua rede de parceiros, ampliar a rede de franquias, além de aproximar a energia solar fotovoltaica das tecnologias de monitoramento energético, armazenamento através de baterias de íon-lítio e carregamento de veículos elétricos, soluções que atuam de forma complementar.

Com a concretização do negócio, a EDP busca obter maior capilaridade de vendas no segmento de energia solar B2C. “A energia solar tem um papel central na estratégia da EDP de liderar a transição energética no Brasil. Por esta razão, após consolidarmos a nossa posição como um fornecedor de referência entre os grandes clientes empresariais, esta nova aquisição marca o nosso claro objetivo de aumentar significativamente a presença no mercado B2C, levando a excelência pela qual somos reconhecidos também aos clientes residenciais e empresas de pequeno e médio portes e criando uma sólida plataforma de crescimento capaz de servir o cliente nas diferentes regiões do país”, afirma Carlos Andrade, vice-presidente de Estratégia e Novos Negócios da EDP Brasil.

 

Créditos: Paula Yokoyama