Governo isenta imposto de importação para lista de equipamentos de energia solar

Na última segunda-feira (20), duas resoluções do governo publicadas no Diário Oficial da União alteraram para 0% a alíquota do imposto de importação incidente sobre alguns bens de capital.

Entre eles estão diversos modelos de equipamentos para geração de energia alternativa, incluindo as placas e inversores que compõem os sistemas de energia solar instalados em casas e empresas.

A lista dos equipamentos ex-tarifários pode ser consultada na Resolução Nº 69 e Resolução Nº 70, publicadas na edição 137 do Diário Oficial da União. 

Segundo o presidente executivo da Absolar, Rodrigo Sauaia, a alíquota de importação de placas solares no país fica em torno de 12%, enquanto para inversores ela é de 14%.

A notícia vem em boa hora para quem busca instalar um gerador solar como forma de economizar na conta de luz e ainda ficar livre de novos aumentos no preço da energia.

Com a recente desvalorização do Real devido à pandemia do coronavírus, a maioria dos equipamentos, que são importados da China, tiveram seu custo final elevado.

Além das placas e inversores, o governo também concedeu isenção para alguns modelos de sistemas trackers, utilizados em grandes usinas solares de geração centralizada.

Modelos de equipamentos para sistemas de irrigação com energia solar também foram inclusos na isenção, beneficiando os produtores e empresas que buscam utilizar a energia solar no campo.

De acordo com as publicações, a isenção da alíquota para os novos itens adicionados à lista de ex-tarifários passa a valer em 1º de agosto, com validade até o final de 2020.

O novo incentivo do governo chega para impulsionar ainda mais o mercado de energia solar no Brasil, que continua crescendo em meio à pandemia e impulsionando a economia do país.

Somente no segmento de geração distribuída, representado pelos telhados solares, o crescimento foi de mais de 90% no primeiro semestre de 2020.

No geral, o Brasil já possui mais de 6 Gigawatts de capacidade instalada de placas solares, fonte de energia que deve se tornar líder da matriz elétrica brasileira nos próximos anos.

Governo isenta imposto de importação para lista de equipamentos de energia solar
5 (100%) 1 vote[s]