Chega de Dicas de Como Diminuir Consumo de Energia! Aprenda Agora Como Reduzir A Conta de Luz De Sua Casa Ou Empresa

Chega de Dicas de Como Diminuir Consumo de Energia! Aprenda Agora Como Reduzir A Conta de Luz De Sua Casa Ou Empresa
3.7 (73.33%) 3 vote[s]

Dicas de Como diminuir Consumo de Energia não são a solução para as altas contas de luz. Com um sistema solar fotovoltaico você pode reduzir em até 95% a sua fatura de energia por mais de 25 anos sem ter que abrir mão do conforto de seus aparelhos eletrônicos.

Você está buscando uma forma de diminuir o consumo de energia da sua casa ou empresa na esperança de reduzir o valor da conta de luz?

Então te preciso contar uma verdade: isso não vai adiantar.

Com o contínuo aumento do preço da energia no Brasil causado pela crise no seu setor elétrico, e o qual não tem previsão para acabar, a cada ano vai ficar mais caro consumir a mesma quantidade de energia.

Dessa forma, ao menos que você esteja disposto a comprometer o conforto de sua família ou os negócios de sua empresa, a única solução é encontrar uma outra fonte para a energia que você consome em seu imóvel.

E é isso o que milhares de brasileiros estão fazendo desde 2012, quando a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) regulamentou o segmento do setor elétrico chamado de geração distribuída.

Neste, qualquer pessoa física (CPF) ou jurídica (CNPJ) pode instalar um gerador próprio para a produção da energia que consome, conectá-lo a rede da sua distribuidora local e ser compensado com créditos pela energia que injeta na sua rede.

Esses créditos então podem ser utilizados para abater da energia que o morador consumiu da rede da distribuidora nos momentos em que seu gerador não consegue suprir, total ou parcialmente, o seu consumo.

Como os geradores são projetados para produzir toda a quantidade de energia que o morador consome em sua casa ou empresa, no final do mês os seus créditos sempre serão suficientes para abater toda a energia vinda da rede pública.

O resultado? Economia de até 95% na conta de luz sem precisar reduzir o consumo de energia.

É ou não é vantagem?

E, entre todos os tipos de geradores disponíveis para isso, os sistemas de energia solar fotovoltaica são os que dominam com folga o segmento, com mais de 99% do mercado.

Então chega de querer diminuir seu consumo, neste artigo eu irei lhe explicar tudo sobre esses sistemas e ainda te mostrarei como você pode simular agora o projeto que pode acabar com as altas contas da sua casa ou empresa.

Sistemas de Energia Solar Fotovoltaica

Um sistema de energia solar fotovoltaica, ou apenas sistema fotovoltaico, é o conjunto de equipamentos que permite ao proprietário de uma casa ou empresa gerar a própria energia elétrica através da luz do sol.

Esses sistemas funcionam por meio de dois principais componentes; os módulos fotovoltaicos (popularmente conhecidos como placas solares ou painéis solares) e o inversor interativo.

como diminuir consumo de energia _ sistema fotovoltaico
Placas solares fotovoltaicas sobre um telhado residencial.

Um sistema fotovoltaico pode ser de dois tipos, dependendo da sua instalação e funcionamento: sistemas fotovoltaicos On-Grid (conectados à rede elétrica) e sistemas fotovoltaicos Off-Grid (isolados da rede elétrica).

A grande maioria dos sistemas instalados no Brasil são do tipo On-Grid, em razão da regulamentação vigente no país que torna este tipo de sistema mais viável economicamente, e por isso será o tipo abordado neste artigo.

Cada módulo gera uma quantidade de energia e, para conseguir suprir o consumo total de um imóvel, é necessário agrupar um certo número deles, ao qual se dá o nome de painel solar.

Painel Solar

Um painel solar, então, nada mais é do que o agrupado de vários módulos fotovoltaicos que, por necessitarem estar dispostos sob a luz do sol, costumam ser fixados sobre os telhados das casas e empresas.

Como cada imóvel apresenta um consumo específico de energia, a quantidade de placas solares que cada um precisará para suprir o seu consumo também costuma variar.

Por necessitarem estar expostos à luz do sol e, por consequência, as mais diversas intempéries, os módulos solares são fabricados para resistirem à essas, contando com vários sistemas de proteção e segurança.

Placas de Energia Solar

Existem vários modelos disponíveis de placas de energia solar, cada um podendo variar desde o tamanho e peso, até a quantidade e tipo de células fotovoltaicas do qual é composto.

Essas células são extremamente frágeis e, por isso, uma placa de energia solar é fabricada pela composição de diversas camadas de segurança que protegem e garantem o funcionamento delas.

Um módulo fotovoltaico é composto da seguinte forma:

como diminuir consumo de energia _ composição da placa solar

Inversor Solar

De nada adianta ter placas solares instaladas no telhado se a energia elétrica gerada por elas não puder ser aproveitada, certo?

Pois é esse o motivo do inversor fotovoltaico ser tão importante dentro de um sistema  fotovoltaico, sendo ele o responsável por adaptar essa energia gerada pelo painel para que ela possa ser utilizada pelos equipamentos eletrônicos.

Além dessa função, o inversor ainda possui o importante papel de controlar toda a energia gerada, alimentando o quadro central quando há consumo no imóvel ou injetando a energia na rede elétrica caso o consumo seja inexistente.

Vimos que os módulos, junto com o inversor interativo, são os principais componentes do sistema fotovoltaico, porém, outros equipamentos também compõem o que chamamos de kit de energia solar.

Kit de Energia Solar

Um kit solar é o conjunto de equipamentos necessários para se captar a luz do sol, convertê-la em energia elétrica e direcioná-la para um uso específico.

No caso abordado neste artigo, um kit solar é o aglomerado de equipamentos, dispositivos, cabos e todos os demais componentes de um sistema fotovoltaico para residência ou empresa.

Esse kit de energia solar deverá conter:

  • Painel Solar Fotovoltaico: é o conjunto de módulos fotovoltaicos que ficam expostos sob o telhado para a captação da luz solar e a sua conversão em energia elétrica através das suas  células fotovoltaicas. Os módulos a venda no mercado são compostos de 60 ou 72 células cada.
  • Inversor Solar Fotovoltaico Interativo: é o “cérebro” de um sistema fotovoltaico e considerado o seu principal equipamento, pois converte a energia gerada pelas placas no tipo de energia que consumimos em nossas tomadas (de corrente contínua para corrente alternada) e também responde por alocar a energia não consumida na hora para a rede elétrica.
  • Caixa de Junção / String box: conjunto de componentes para proteção dos módulos contra surtos de redes e demais danos elétricos, como também a chave de acesso para desligamento do sistema no caso de reparo. 
  • Estruturas de suporte e ancoragem: são os trilhos e demais componentes necessários para fixas os módulos sobre o telhado, ou, caso forem ficar sobre o solo, as estruturas de suporte com a altura adequada.
  • Cabeamento: todo o conjunto de cabos e conectores para fazer a ligação elétrica entre os equipamentos do kit de energia solar fotovoltaica.

Todas essas etapas percorridas pela energia gerada pelo sistema compõem o passo a passo de como funciona a energia solar para casas e empresas.

Energia Solar Fotovoltaica: Como Funciona?

O funcionamento básico de um sistema de energia solar, ou gerador fotovoltaico, é exatamente igual ao funcionamento de uma grande usina solar.

O painel solar recebe a radiação do sol e, através do processo chamado de efeito fotovoltaico – processo em que uma célula fotovoltaica converte a luz solar em eletricidade – geram energia elétrica em corrente contínua. 

O conjunto das placas solares alimenta os inversores interativos à rede, que transformam a corrente contínua em corrente alternada e gerenciam a injeção de potência elétrica na rede pública de distribuição de energia elétrica, que é a rede das distribuidoras.

Uma residência ou empresa, por mais energia que consumam, não precisam de milhares de placas solares e de inversores interativos de altíssima potência.

Sabendo-se a média de consumo de energia elétrica, é possível estimar o tamanho do arranjo fotovoltaico (conjunto de placas solares).

Confira no vídeo abaixo Como Funciona a Energia Solar:

 

Como Instalar Um Painel Solar

Como é possível perceber, para gerar energia solar não bastam apenas as placas e inversor, mas sim vários outros componentes que, integrados, garantem uma produção segura e uma geração de energia solar eficiente.

Por esse motivo, a instalação de um gerador de energia solar deve ser feita por profissionais devidamente capacitados para essa prática, evitando o risco de acidentes possivelmente fatais.

O primeiro passo para você que deseja gerar energia em sua casa ou empresa é procurar uma empresa especializada em energia solar fotovoltaica, a qual contará com equipe técnica especializada para o dimensionamento e instalação do seu sistema.

Projeto de Energia Solar

Como saber, então, quantas placas serão necessárias para alimentar eletricamente meu imóvel?

Esse é um dos pontos estudados pela equipe técnica de uma empresa de energia solar na hora de dimensionar um projeto de energia solar.

Para isso, eles analisam fatores como níveis de radiação solar local, direção e inclinação do telhado, possíveis sombreamentos e todas as outras variantes que permitem calcular, com exatidão, a quantidade de módulos que poderão suprir o consumo da residência do cliente.

O dimensionamento do projeto de energia solar é necessário para que se possa precificar o custo final do sistema.

como diminuir consumo de energia _ simulador solar

Energia Solar Vale a Pena?

Vimos então que um sistema de energia solar permite gerar toda a energia elétrica consumida em uma casa ou empresa.

Mas, será que é realmente vantajoso produzir a própria energia ao invés de continuar consumindo ela da rede elétrica? A resposta certeira é: Sim!

Segundo os dados do Ministério de Minas e Energia (MME), desde 2012, ano em que a regulamentação da geração distribuída entrou em vigor, a constante inflação energética fez com a conta de luz acumulasse uma alta de 499%.

Isso, por si só, já é motivo suficiente que prova que a energia solar vale a pena.

E a razão é que o consumidor que instala um sistema fotovoltaico fica imune a esses aumentos na conta de luz, pois toda a energia consumida passa a vir do seu telhado.

Assim, não importa se as secas estão castigando os reservatórios das hidrelétricas ou se a má gestão do governo causa aumentos nas tarifas energéticas, pois elas deixam de impactar a conta de luz de quem gera a sua energia. 

Além disso, vários outros motivos fazem da energia solar uma ótima opção, veja 6 deles abaixo:

Rápido Retorno do Investimento

A aquisição de um gerador de energia solar é um investimento, pois traz um retorno financeiro ao seu proprietário ao longo dos anos na forma da economia gerada na conta de luz.

Por isso, estimar o prazo desse retorno se torna fundamental para analisar a viabilidade do investimento.

No caso de um gerador residencial, este fica entre 3 a 5 anos, enquanto um sistema comercial fica em torno de 5 a 8 anos. Em ambos os casos, contudo, o prazo é bem atrativo quando comparado a sua vida útil.

Longa Vida Útil da Tecnologia

Os principais componentes do sistema fotovoltaico possuem uma longa vida útil que tornam a sua aquisição um investimento seguro, viável e de longa validade.

Enquanto as placas (módulos fotovoltaicos) são fabricados com garantia de, no mínimo, 25 anos, a 80% de sua eficiência, o inversor possui vida útil de 15 anos, que pode ser ainda maior caso receba as manutenções periódicas.

Pouca Manutenção

Ao contrário de um gerador mecânico que, por conta do atrito de suas peças, sofre um desgaste natural que exige sua manutenção constante, o sistema solar gera energia através de um processo fotoquímico.

Assim, um sistema demanda muita pouca manutenção durante toda a sua vida útil, sendo a limpeza da superfície dos módulos a mais frequente (muita vezes sendo feita pela própria água da chuva), fora uma manutenção anual da parte elétrica do sistema.

Geração silenciosa

Outra vantagem desse processo fotoquímico é que ele é totalmente silencioso, ou seja, você pode ter toda a energia gerada em seu imóvel pelo sistema sem qualquer distúrbio aos seus momentos de lazer e descanso.

Geração Resistente

Além de silenciosos, esses geradores também são resistentes, sendo fabricados e instalados com todas as medidas de proteção e segurança que garantem resistência as intempéries do clima.

Força dos ventos, calor excessivo, chuvas de granizo, descargas elétricas….todas essas são suportadas pelas placas, desde que instaladas corretamente e por equipe técnica qualificada.

Rápida Instalação

Uma equipe qualificada também resultará em outra vantagem da tecnologia; a sua rápida montagem e instalação.

Embora o tempo de serviço esteja vinculado ao tamanho do sistema, para uma instalação residencial este prazo nunca leva mais que alguns dias.

Imóvel com Energia Solar: Benefícios Imediatos e Posteriores

Se você planeja instalar mais um aparelho de ar-condicionado, ou mesmo adquirir um carro elétrico futuramente, a instalação de um sistema solar fotovoltaico dá ao teu imóvel o benefício imediato da economia de energia que seria comprada da distribuidora.

Além disso, você estará, de certa forma, protegido dos severos aumentos do custo da energia elétrica por toda a vida-útil do seu gerador solar; o que pode ser mais de trinta anos.

Os custos atuais da energia elétrica e os altos índices de radiação solar que temos em todo o Brasil fazem com que o tempo de retorno do investimento, hoje, seja bem menor que o prazo de sua vida útil. 

Muitos estados têm adotado medidas de incentivo à adoção da tecnologia solar fotovoltaica, através de isenção de impostos para a energia gerada, além de municípios que fazem sua parte promovendo redução de IPTU para quem tem energia solar fotovoltaica instalada no imóvel.

E, quanto mais tempo você que pode ter um gerador solar fotovoltaico leva para instalá-lo em seu imóvel, mais dinheiro você perde para a distribuidora, que é menos dinheiro pra fazer o que você deseja.

Energia Solar Quanto Custa

Precificar um sistema fotovoltaico não é simples e faz parte das etapas de um projeto de energia solar, feito pela empresa prestadora de serviços após o contato do cliente.

Isso porque, como vimos, cada consumidor apresenta um consumo de energia e, portanto, irá demandar um tamanho de sistema diferente, o qual também estará atrelado a fatores de geração que divergem de local para local.

Através de ferramentas exclusivas, no entanto, é possível estimar com grande precisão, e no mesmo instante, o valor de um gerador de energia solar.

Um deles é a calculadora solar da Blue Sol Energia Solar, que dimensiona e precifica em segundos o seu sistema, mediante o fornecimento de algumas poucas informações.

Além da quantidade de módulos, a calculadora estima a geração mensal média do sistema, o payback do sistema (retorno do investimento) e ainda a economia que você poderá obter com o gerador.

Clique no link abaixo e confira o quanto a energia solar poderá trazer para você e seu imóvel:

como diminuir consumo de energia _ simulador solar


O que achou do artigo? Deixei aqui seu comentário, sugestão ou dúvida. Sua opinião é muito importante para nós!