Cresce a Procura Por Cursos de Energia Solar Entre os Brasileiros em 2019

Cresce a Procura Por Cursos de Energia Solar Entre os Brasileiros em 2019
3 (60%) 1 vote[s]

Em meio ao cenário de mais de 12 milhões de desempregados no país, é cada vez maior o número de brasileiros que apostam no setor solar para uma oportunidade de trabalho.

A demanda por profissionais cresce junto ao número de instalações dos sistemas de energia solar, tecnologia que lidera o segmento de geração distribuída desde a sua criação, em 2012.

Segundo os dados da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), que criou e controla o segmento, já são 75 mil conexões este ano, mais que o dobro do total em 2018.

Este novo crescimento acima dos 100% reforça a demanda por trabalhadores no mercado, que emprega vendedores, projetistas e, principalmente, instaladores.

As profissões não exigem conhecimento prévio ou graduação na área, mas para atuar em qualquer uma delas o passo inicial é a certificação em um curso de energia solar.

Estes também se multiplicam, sendo mais de 100 treinamentos oferecidos hoje em todo o país que visam atender o crescente interesse da população.

Os cursos envolvem conhecimentos práticos e teóricos sobre a tecnologia fotovoltaica, e podem ser realizados presencialmente ou de forma 100% online.

Esta facilidade na capacitação é um dos motivos que leva profissionais das mais diversas para o setor solar, atraídos pelo potencial de altos ganhos financeiros.

Instaladores de sistemas fotovoltaicos, mão de obra mais requisitada do mercado, podem ganhar até R$5 mil por instalação, por exemplo.

A história de Silvano Frutuoso é um desses casos. Atuando anteriormente com o ramo de calçados e confecções, o empresário encontrou na energia solar a porta para o sucesso.

Foi através de um curso de energia solar, realizado na cidade de Ribeirão Preto – SP, que ele começou a atuar no mercado em parceria com outros alunos com quem fez amizade.

Cada um ficou responsável por uma parte do trabalho (venda, projeto e instalação) e os sistemas foram saindo mais rápido do que qualquer um deles imaginava.

Com cinco sistemas entregues apenas 3 meses após a conclusão do treinamento, Silvano se diz plenamente satisfeito com a escolha pelo setor solar.

As perspectivas para o futuro também são animadoras, com muitas oportunidades surgindo e 1,35 milhão de novas instalações até 2027, segundo projeção do Ministério de Minas e Energia (MME).