4 Exemplos de Empresas Sustentáveis De Sucesso no Mundo Para Inspirar e Trazer Mais Retorno Ao Seu Negócio

4 Exemplos de Empresas Sustentáveis De Sucesso no Mundo Para Inspirar e Trazer Mais Retorno Ao Seu Negócio
3.5 (70%) 6 vote[s]

Existem empresas sustentáveis que atuam nos setores que ocupam os primeiros lugares do ranking dos mais poluentes do mundo.

Essas empresas estão ganhando destaque pelas iniciativas de converter esse quadro e promover uma produção mais alinhada com a preservação ambiental.

O que mais se ouve sobre a indústria da moda, por exemplo, é de ser uma das que mais impactam o meio ambiente.

Ou então podemos citar o desmatamento para construção de hidrelétricas. Sem contar a produção de plástico e consumo de energia das indústria de cosméticos, tecnologia e  alimentação.

Como empresas desses setores estão se tornando cada vez mais ecológicas?

A geração de energia solar é uma das grandes protagonistas na transformação de empresas cada vez mais sustentáveis em relação à produção de energia limpa.

O posicionamento de criar uma cultura organizacional consciente do seu papel social e de sua enorme responsabilidade na preservação ambiental tem um impacto direto nas demandas mundiais por mais empresas “verdes”.

Por exemplo, você já ficou sabendo das iniciativas da Apple para ser a empresa mais sustentável do mundo?

Empresas sustentáveis de Tecnologia

Em 2017, o relatório do Greenpeace que avaliava as principais empresas de tecnologia do mundo com ações de preservação ambiental, deu à Apple o prêmio de empresa sustentável mais “verde” do mundo.

A pesquisa também mostrou que o setor de TI consumia mais de 7% da energia mundial na época. A expectativa é que para 2020 o tráfego de internet triplique.

Esse aceleramento no consumo de internet e tecnologia engajou as empresas, segundo o relatório do Greenpeace, a darem grandes saltos de sustentabilidade para manter o crescimento do setor de uma maneira mais ambientalmente correta.

Em 2017, o Google se comprometeu a operar 100% com energia renovável e a Apple garantiu que em sua nova sede seriam 65 mil metros quadrados de painéis solares.

Já em abril de 2018, a Apple divulgou em seu site que estava atuando com 100% de energia por fontes renováveis no mundo todo!

A empresa da maçã foi além e disse que em suas instalações, incluindo lojas da Apple, escritórios, data centers e instalações compartilhadas em 43 países já estavam trabalhando 100% com energia limpa.

São 25 projetos de energia renovável, totalizando 626 megawatts de capacidade de geração de energia, sendo 286 megawatts provenientes só da geração de energia solar fotovoltaica no ano de 2017. Incrível!

É importante dizer que o Google também tem realizado seus esforços para amenizar os impactos ambientais em relação ao consumo de energia e entrar pro ranking das maiores empresas sustentáveis do mundo.

No blog da empresa, o vice-presidente sênior do Google anunciou que eles conseguiram alcançar a meta de compensar 100% de todo uso de eletricidade com energia renovável.

Como? Eles fecharam contratos para construção de parques eólicos e campos de energia solar para igualar o consumo de energia elétrica.

Outra sacada da gigante de buscas da internet foi o desenvolvimento de um aplicativo interativo, o “Your Plan, Your Planet”, para incentivar as pessoas a terem hábitos mais sustentáveis.

O aplicativo analisa os seus hábitos de consumo de água, energia e alimentos, e mostra como é possível diminuir o desperdício.

A ferramenta pode avaliar seus impactos no ambiente, em relação à energia, analisando por quantas horas você deixa as luzes acesas e o quanto de energia anual você consome.

Será que você consegue imaginar o quanto você conseguiria economizar se gerasse sua própria energia? É só pegar o valor da sua conta de energia e jogar aqui nesse simulador:


simulador para empresas sustentáveis

Empresas sustentáveis de Beleza e Cosméticos

A demando do consumidor por produtos mais “verdes” só aumenta, e não há como negar a força que os produtos de beleza ganharam ao deixar mais transparente seus processos de produção e apresentar alternativas mais compatíveis com a preservação ambiental. Um exemplo disso é a indicação em suas embalagens sobre o teste em animais.

Podemos ainda relacionar com a exploração de matérias-primas, o consumo de água  e de energia, e o acúmulo exagerado de embalagens plásticas que são descartadas sem aproveitamento.

Mas, aos poucos este cenário está mudando e já temos neste ranking de empresas sustentáveis posições de destaque para algumas empresas brasileiras no ramo de cosméticos.

Você conhece a Bio Extratus? Uma empresa 100% brasileira que se tornou auto sustentável em geração de energia em 2016.

A Bio Extratus produz cosméticos naturais há anos e, em 2016, foi ganhadora do Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade , cujo tema era “ “Mudanças Climáticas – qual a sua contribuição?”

O prêmio foi garantido exatamente pela instalação de um sistema de geração de energia solar fotovoltaica em toda a sua planta industrial.

Segundo a empresa, com o projeto, batizado de Sol Nascente, ela deixou de usar uma quantidade de energia proveniente de hidrelétricas equivalente ao consumo de 11,45% das casas do município de Alvinópolis, região onde a empresa está localizada.

Como a sustentabilidade vai muito além do uso de energias renováveis, outras ações também contribuem para construir uma verdadeira cultura organizacional de preservação do meio ambiente, e neste quesito, temos uma campeã brasileira aparecendo no ranking de empresas ecológicas do mundo. A Natura.

Em janeiro de 2018, aconteceu na Suíça o Fórum Econômico Mundial, onde foi feita a divulgação das maiores empresas verdes do mundo daquele ano. Os principais fatores de análise foram: consumo de energia, emissão de carbono, produção de lixo e de ar limpo.

A Natura já aparecia no ranking das maiores empresas sustentáveis no mundo mas, ano passado, subiu 5 posições e ocupa hoje o 14ª lugar.

Isso foi graças a suas ações de uso sustentável dos recursos naturais da Amazônia, já que 80% dos seus produtos tem origem vegetal.

Em 2010, a Natura substituiu o polietileno convencional, substância presente na maioria dos plásticos, por polietileno verde, feito com cana-de-açúcar, fonte renovável e menos agressivo para o meio ambiente.

Lançada em 2013, a linha “Sou” da Natura é desenvolvida com embalagens com 70% a menos de volume de plástico. E em 2017, os produtos da linha “Ekos” foram envasados e embalados com base no reaproveitamento de 6 milhões de garrafas PET e mais 48 mil toneladas de papel.

E se a Natura faz uso de energia solar? Neste quesito a Natura inovou entre as empresas verdes e criou ainda um projeto social de uma ONG chamada “SOLCIAL”.

Com esta ideia a Natura ultrapassa as fronteiras da cultura interna de sustentabilidade e promove impacto social através da ONG, dedicada a viabilizar a instalação de equipamentos de energia solar fotovoltaica em instituições filantrópicas.

Outra companhia mundialmente reconhecida na indústria de cosméticos, e que acabou de inaugurar em Junho de 2018 a 2º maior usina de energia solar fotovoltaica do estado do Rio de Janeiro, é a Loreal Brasil.

A empresa ainda tem a meta, até meados de 2019, de instalar um sistema de painéis solares de dimensões maiores na sua fábrica de São Paulo.

No site brasileiro oficial da empresa, Gerald Vincent, Diretor de Propriedades e EHS da L’Oréal Brasil, explica a escolha por energia solar fotovoltaica e o compromisso de integrar o time de empresas sustentáveis:

“Escolhemos a energia solar porque é abundante no Brasil e é a que gera menor impacto ao meio ambiente. A produção não gera emissão de carbono e nem resíduos em sua operação”.

Segundo a empresa, com 2.400 m² de extensão, os painéis solares do Centro de Pesquisa & Inovação têm um impacto equivalente a 26 mil árvores plantadas e evitará a emissão de mais de mil toneladas de CO2 na atmosfera no período de 25 anos, tempo de vida útil das placas.

O novo sistema gerará 40 mil kWh por mês, o que representa o consumo mensal de aproximadamente 270 casas, e será responsável por 20% de toda a energia utilizada no campus, inaugurado em 2017.

Empresas sustentáveis atuando na Moda

O setor têxtil deu o que falar nos últimos anos quando o assunto é produção e consumo sustentáveis. Empresas verdes neste setor são um dos maiores desafios para a preservação do meio ambiente.

Mas já podemos mencionar algumas empresas que estão mostrando que é possível sim alinhar moda com sustentabilidade.

Saitex, é o nome de uma fábrica têxtil especializada em jeans localizada no Vietnã. E o que ela representa?

Ela é a fornecedora de grandes marcas, como Ralph Lauren, Calvin Klein e Tommy Hilfiger e foi considerada a fábrica de jeans mais sustentável do mundo!

A operação recicla 98% de toda a água utilizada na produção e no tingimento do tecido, produtos que tornariam a água totalmente contaminada.

A Saitex entrou como campeã das empresas ecoeficientes em atividade na indústria da moda, não apenas pela reciclagem da água, mas por todo o seu processo de produção pautado na sustentabilidade.

A fábrica é movida a energia solar, possui geradores de biomassa, instalações com painéis de luz natural no teto e não gasta nem 1 litro de água para fabricar uma calça jeans, diferente do processo tradicional que utilizaria pelo menos 80 vezes a mais de água sem gestão de resíduos.

É a única da região a ter a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) do Conselho de Construção Verde dos EUA.

No Brasil, muitos empresários abraçaram a idéia de moda sustentável e produzem suas roupas em baixa escala, com tecidos sustentáveis, matéria prima reciclada e levantam a bandeira do slow fashion, termo cunhado em 2004 e que engloba tais práticas.

A Camisas Polo Salvador, uma pequena fábrica de camisas na Bahia, conquistou o Selo Verde Ouro de sustentabilidade.

Primeiro pelas suas instalações, que consome cerca de 4 mil quilowatts/hora, e tem todo esse consumo atendido por 98 placas solares fotovoltaicas, que ainda geram energia excedente. O investimento no sistema foi iniciado em 2014.

Além disso, segundo o seu fundador, os processos produtivos estão totalmente associados à sustentabilidade e boas práticas ambientais, englobando:

  • Lâmpadas de LED;
  • Sensores de presença elétricos;
  • Sistema de reaproveitamento da água da chuva nos banheiros;
  • Bicicletário para os funcionários;
  • Cadeiras ergonômicas;
  • Embalagens biodegradáveis;
  • Doação de retalhos.

No Brasil, é a primeira indústria de pequeno porte a ter 100% de suas necessidades atendidas pela energia solar fotovoltaica.

Mas, quando o assunto é moda sustentável, nada mais se resume às empresas sustentáveis de pequeno porte.

A C&A, uma das empresas de moda de varejo mais conhecidas do Brasil, investe em matérias-primas e instalações sustentáveis bem antes de empresas verdes virarem pauta no mercado de moda.

Ela dedica um site inteiro para falar sobre sustentabilidade, possui uma loja Eco em Porto Alegre desde 2009, primeira loja do varejo de moda do Brasil com o selo LEED. Você até pode agendar uma visita para conhecer as instalações da C&A Eco.

Em Maio de 2018 a marca lançou uma campanha Global 100% voltada para sustentabilidade e ainda explicou seu objetivo: A C&A quer ser a empresa de varejo de moda mais sustentável do mundo!

Para 2020, a sua meta global é que 100% dos produtos de algodão sejam feitos de algodão produzido de maneira mais sustentável e que 67% de todos os produtos sejam feitos com material mais ecológico.

O meio ambiente agradece e deixa a C&A entre as empresas verdes mais engajadas no setor de moda e varejo.

Empresas sustentáveis em produção de energia elétrica

Um destaque entre as empresas ecológicas vai para a iniciativa de produção de energia elétrica a partir da tecnologia fotovoltaica da empresa argentina Mercado Livre.

A sede da empresa no Brasil possui a maior usina solar construída em telhado do país!

Localizada na cidade de Osasco, o projeto fez parte da estratégia de promover sustentabilidade por meio da instalação de:

  • Duas mil placas fotovoltaicas em 4,7 mil metros de telhado ✔
  • Instalação de 2.800 lâmpadas LED ✔
  • Reaproveitamento da água da chuva para irrigação dos jardins e abastecimento das bacias sanitárias ✔
  • Todo carpete foi feito a partir de produtos reciclados para substituir as tradicionais opções de revestimento de piso para os postos de trabalho ✔

Outra grande empresa que apresentou iniciativas voltadas para a sustentabilidade é a Claro Brasil, companhia que representa também as empresas Embratel e NET.

A previsão da empresa é de diminuir a emissão de mais de 100 mil toneladas métricas de gás carbônico, o que equivale à remoção de mais de 400 mil carros das ruas.

Como ela pretende fazer isso? Usinas de energias renováveis!

O programa Energia da Claro tem o objetivo de cobrir 80% do que a empresa utiliza em suas operações em todo o Brasil, mais de 600.000 MWh/ano.

Seu primeiro complexo de usinas já foi inaugurado nas cidades de Várzea de Palmas e Buritizeiro em Minas Gerais, e representa a maior operação solar dedicada a uma empresa.

O complexo ocupa uma área de 45 hectares e irá gerar energia equivalente ao consumo de uma cidade de 250 mil habitantes.

Em 2018, está prevista a inauguração de mais 20 parques solares, quatro parques eólicos, seis usinas de Biogás e três de cogeração qualificada.

Outras iniciativas como iluminação com lâmpadas de LED, gestão integrada de temperatura e reaproveitamento de água da chuva em suas instalações faz com que ela entre para o time das empresas ecoeficientes em energia elétrica.

Viu como é possível pensar em estratégias de reversão de um sistema altamente poluente para outro que esteja compatível com as necessidades atuais de preservação ambiental?

Isso não precisa partir apenas de grandes empresas, você também pode repensar a rotina do seu negócio, no tipo de lâmpadas, no descarte correto de lixos e embalagens.

Sem contar que a instalação de placas fotovoltaicas de energia solar é um verdadeiro investimento não só em sustentabilidade, mas também na redução drástica dos custo com energia elétrica.

Se você quer reduzir o gasto com energia e, de quebra, agregar o marketing da sustentabilidade no seu negócio, clique no botão abaixo e peça um orçamento gratuito para um sistema fotovoltaico para a sua empresa:

orçamento para empresas sustentáveis


E então, gostou do artigo? Gostou de saber um pouco das iniciativas sustentáveis no Brasil e no Mundo? Se você ficou com alguma dúvida ou quer fazer qualquer sugestão, não deixe de escrever pra gente aqui nos comentários, vamos adorar conversar com você!