Energia Solar em Alexânia – GO: Saiba como funciona essa geração de energia e aprenda os passos para ter a modalidade em sua própria casa

Está cansado de pagar pela energia que consome enquanto você poderia estar gerando a sua própria e economizando quase 95% com isso? Bem, então você já começou bem com a leitura deste artigo!

Ah, não há exageros! Com a produção de sua própria energia, você realmente pode chegar a economizar praticamente 100% em relação ao que gasta atualmente com energia em sua casa.

Neste artigo, vamos explicar basicamente como funciona a energia solar e como você pode ter acesso a um sistema fotovoltaico de qualidade na cidade de Alexânia, em Goiás. 

Ao longo do artigo, você também irá conferir algumas vantagens do método e poderá entender como essa economia ocorre. Está preparado (a) para descobrir este mundo novo? 

Muito provavelmente você nunca mais pensará no seu consumo de energia da mesma forma, mas não se preocupe com isso, ainda há tempo para bastante coisa. Principalmente ao considerar que na grande maioria das vezes, o payback (retorno financeiro do investimento) vem a partir do terceiro ano de sistema instalado.

Sem mais delongas, vamos ao que interessa! Boa leitura!

Vale a pena ter um sistema de energia solar?

Muitas pessoas chegam até nossos textos com uma única intenção: saber se realmente é válido investir em um sistema fotovoltaico. 

No decorrer do texto, apresentamos tudo o que um leitor interessado precisa saber e temos a certeza que a leitura é garantida, pois os pontos apresentados agora são realmente atraentes!

A energia solar é uma modalidade de energia completa: sustentável, econômica e duradoura!

É por isso que milhares de residências e empresas em todo o mundo já aderiram a essa forma de energia alternativa.

Você já viu que o retorno financeiro é bastante rápido, cerca de 3 a 5 anos para você ter o dinheiro investido de volta, mas o que mais o sistema tem a oferecer? 

Se você é morador de Alexânia, deve estar se perguntando: “por que eu deveria investir em um sistema de energia totalmente diferente do que pago atualmente?”. Separamos alguns motivos e respostas para essas perguntas:

  • Fonte de energia limpa;
  • Economia garantida;
  • Você fica livre de inflações energéticas;
  • Alta vida útil dos equipamentos do sistema (você livre de manutenções frequentes) e;
  • Valorização do seu imóvel, entre outras vantagens.

Então clique aqui embaixo e faça agora mesmo uma simulação!

Clique aqui e simule quanto custa instalar energia solar e gerar sua energia

Como funciona a energia solar em Alexânia – GO?

Finalmente, como funciona a geração a partir da fonte de energia renovável que é o sol?

É mais fácil do que você imagina! 

Como sempre haverá sol, sempre haverá geração de energia. “Mesmo em dias nublados?” Sim, mesmo em dias com chuva e nuvens lá fora! Parece muito bom para ser verdade, não é? 

Só que isso tudo é uma realidade de quem aproveita as possibilidades desta modalidade de geração de energia… Vamos então ao entendimento de como a energia solar funciona:

Tudo começa com a captação de raios solares para os painéis que ficam posicionados em cima dos telhados ou até mesmo no solo no terreno da residência. A posição exata será definida com a avaliação técnica que averigua quais locais mais têm incidência solar.

Sem a emissão de gases tóxicos para a atmosfera, o sistema de energia solar converte a luz do sol em energia elétrica através da tecnologia de painéis solares.

Em seguida, outro equipamento do sistema, o inversor, atua para realizar a conversão do padrão de energia gerado. Sem ele, nenhum dos eletrodomésticos de sua casa irá funcionar apenas com a energia gerada pelos painéis.

No vídeo abaixo você pode entender um pouco melhor sobre o funcionamento da geração de energia. Mais adiante, explicaremos as funções dos equipamentos do kit de energia solar e tudo ficará mais claro!

Créditos Energéticos 

Durante o vídeo, você deve ter percebido o termo ‘’créditos energéticos’’ sendo mencionado.

Essa é uma outra parte fundamental da geração de energia solar justamente porque refletirá na maneira como você consome energia durante à noite!

É que assim que acaba a incidência dos raios solares, o sistema para de gerar energia solar. Isso não quer dizer que você ficará sem energia em casa.

Em vez disso, a rede distribuidora da cidade concederá energia para sanar a demanda deste período. Ao final do mês, você terá que pagar um valor por este consumo, porém calma!

Você praticamente não terá custos! Apesar de haver uma taxa mínima, é possível que haja casos que você só pague por ela (por utilizar a rede da distribuidora).

É que no geral, a sua casa produzirá energia em excesso e esta será enviada para a concessionária de energia e será convertida em créditos energéticos (unidades de crédito que o produtor de energia ganha ao injetar o excedente de energia gerada pelo sistema fotovoltaico na rede).

Essa modalidade de compensação surgiu em 2012, com a Resolução Normativa 482.

Conheça os equipamentos que compõem o sistema fotovoltaico

Para começar, temos o painel solar. Também conhecido como placa solar, este equipamento é o que as pessoas mais conhecem, pois provavelmente alguém já viu uma placa dessas.

Sem dúvidas, os painéis solares são os protagonistas dessa trama de energia solar, visto que são eles os responsáveis por gerar energia.

Uma dúvida bastante presente em conversas com clientes e produção de orçamentos é com relação a quantos painéis solares são necessários para uma residência.

Apesar da pertinência da pergunta, apenas um orçamento detalhado é capaz de definir isso, mas você pode fazer o seu para saber! 

Depois da energia gerada pelos painéis, eles precisarão do suporte dos inversores para garantir que a energia produzida possa ser consumida.

Assim, os inversores convertem o padrão de energia de contínua para alternada e com isso todos têm acesso à energia!

Além desses componentes indispensáveis, o sistema precisa do cabeamento e da caixa de junção. O cabeamento fica responsável por toda a conexão do sistema, já a caixa de junção (em inglês String Box), cuida da proteção do sistema em casos raros de curtos circuitos, etc.

Por fim, além dos equipamentos citados, um kit fotovoltaico também conta com um acessório fundamental para a instalação da energia solar: os suportes de energia solar. São eles que sustentarão as placas e garantirão que os painéis estejam bem posicionados para gerar energia.

Como funciona o processo de aquisição de um sistema de energia solar?

Você sabia que é fácil ter um sistema de energia solar na sua casa? 

Veja só esse passo a passo que a Blue Sol fez para você saber como realizar esse processo.

1º passo: Realize seu orçamento

O primeiro passo que você deve dar para adquirir o seu sistema de energia solar é fazer o orçamento. Nele, você terá ideia de valores, quantidade de painéis, custos do sistema, etc.

Com o auxílio de um especialista Blue Sol, é possível ter uma noção melhor sobre como poderá ser o seu projeto.

No orçamento, é feita a análise de viabilidade técnica para a instalação do sistema, mas também financeira para ajudar os clientes. A Blue Sol visa atender a todos da melhor maneira, buscando as melhores opções de pagamento para contemplar quem confia em nós para selar essa aliança.

Clique no botão abaixo e entre em contato com os nossos especialistas agora mesmo.

2º passo: Mãos à obra!

Se conseguirmos fechar um bom acordo, não demorará muito para que iniciemos nossos trabalhos!

Nós da Blue Sol desenvolvemos projetos exclusivos seguindo a necessidade de consumo da sua residência e trabalhamos com o melhor financiamento de energia solar.

Por isso, um especialista comparecerá na sua casa para criar um projeto de acordo com as características da sua propriedade.

3º passo: Documentação de acesso à rede

Antes da instalação em si, é preciso dar início a documentação de acesso à rede do seu sistema fotovoltaico.

Não se preocupe, pois essa parte maçante e burocrática a Blue Sol resolve!  

A nossa equipe tem uma vasta experiência e já conhece o esquema de conexão de mais de 30 distribuidoras brasileiras. Sem falar que a quantidade de vemos que já fizemos isso torna tudo bem natural!

4º passo: Instalação 

Com as etapas acima encaminhadas, é chegada a hora de instalar o seu sistema de energia solar.

No dia acertado, a equipe técnica comparecerá para instalar o kit do sistema fotovoltaico.

Geralmente, esse processo dura cerca de 2 ou 3 dias, e conta com 3 técnicos.

5º passo: Ativação 

Por fim, a última etapa depende da CELG, a concessionária de energia da cidade. Isso porque a equipe da distribuidora verificará se a instalação está de acordo com o projeto enviado anteriormente.

Se tudo estiver ok, haverá a troca do medidor de energia padrão da sua casa por um modelo bidirecional, que possibilita a contabilização dos créditos energéticos.

Agora o seu sistema estará completo e funcionando!

O que achou deste universo? Agora você já sabe tudo o que precisa saber! Clique abaixo e simule!

Clique aqui e simule quanto custa instalar energia solar e gerar sua energia