Venda e Instalação de Sistemas Fotovoltaicos Empregaram 6 Mil Profissionais no Último Ano

O que achou?

Na corrida dos brasileiros pela economia da energia solar, o mercado de sistemas fotovoltaicos registrou cerca de 6 mil novas vagas de emprego nos últimos 12 meses.

Os dados foram divulgados em um mapeamento recente do segmento de geração distribuída, criado em 2012 pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) e que hoje engloba um público de mais de 100 mil consumidores.

Impulsionado pela tecnologia dos sistemas fotovoltaicos, o segmento cresce exponencialmente a cada ano e, com ele, também o número de empresas e profissionais trabalhando com energia fotovoltaica distribuída.

Segundo o mesmo estudo, o país já registra mais de 10 mil empresas de energia solar, que atuam com a venda e instalação dos sistemas para casas, empresas, agronegócios e todos os demais tipos de consumidores.

Esses sistemas são compostos de dois principais componentes, as placas solares que geram energia a partir da luz do sol e o inversor interativo, equipamento que converte essa energia das placas para ser utilizada no imóvel (corrente alternada e contínua).

Cada projeto é feito de forma exclusiva pelas empresas de energia solar , que dimensionam o sistema levando em consideração algumas médias de fatores, como consumo anual do imóvel e nível de radiação local.

Mas, enquanto essa área restringe-se a engenheiros e demanda menor força de trabalho, são nas instalações dos sistemas que a maioria das oportunidades do mercado se apresentam e que atraem profissionais de diferentes áreas.

Com a recomendação mínima de 3 instaladores para um sistema de pequeno porte, os cursos preparatórios de instalação fotovoltaica reúnem brasileiros das mais diferentes idades que visam nessa profissão uma chance de ganhar até 3 mil reais por mês.

Com novas perspectivas de aumento para a conta de luz, o crescimento dos sistemas fotovoltaicos continua forte em 2019 e, segundo projeções da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), deverá criar mais de 15 mil vagas de emprego.