Energia Solar Em Uberlândia É Solução Para Você Que Paga Conta de Luz Cara, Conheça Agora o Seu Projeto

Energia Solar Em Uberlândia É Solução Para Você Que Paga Conta de Luz Cara, Conheça Agora o Seu Projeto
5 (100%) 1 vote[s]

Gerar Energia Solar em Uberlândia se tornou a melhor solução para quem paga caro na conta de luz e os sistemas fotovoltaicos estão se espalhando rápido pela cidade, com centenas de casas e empresas equipadas com placas solares e economizando até 95% na conta de luz.

Segunda cidade mais populosa de Minas Gerais e um de seus principais centros urbanos, Uberlândia é hoje o maior destaque do estado mineiro quando o assunto é geração de energia solar.

O município concentra o maior volume de sistemas fotovoltaicos instalados do estado e também concentra vários projetos pioneiros no uso da tecnologia fotovoltaica.

Mas, se você que está lendo este artigo ainda não conhece como funciona a tecnologia dos painéis solares para geração elétrica ou o passo a passo para ter um sistema instalado em sua casa ou empresa; não se preocupe!

Irei te mostrar aqui as informações mais importantes sobre essa tecnologia em expansão no Brasil e, ao final, te mostrar como você pode simular na hora o seu projeto ou ainda solicitar um orçamento gratuito sem compromisso para o seu imóvel.

Está preparado para dizer adeus as suas contas de luz? Então vem comigo!

Energia Solar Uberlândia: Como Funciona?

A primeira coisa que você precisa saber é que os sistemas fotovoltaicos geram energia elétrica através da conversão direta da luz do sol, por meio de um processo de fotoemissão chamado efeito fotovoltaico.

Dessa forma, um sistema de energia solar em Uberlândia apresenta ótima performance de geração, uma vez que a cidade se encontra em posição privilegiada do território nacional na incidência de raios solares.

O processo de transformação da luz em energia acontece dentro das famosas placas solares, corretamente chamadas de módulos fotovoltaicos, instaladas geralmente sobre os telhados para ficarem livres para a captação da luz do sol.

Cada módulo é composto de várias células fotovoltaicas (geralmente 60 ou 72 delas), que são a unidade inicial de geração da tecnologia, e os módulos se agrupam para formar o painel solar.

Após gerada, a energia é enviada para o outro equipamento do sistema, o inversor interativo, encarregado de converter essa energia para os padrões da nossa rede elétrica e, então, distribuí-la para a casa ou empresa.

Difícil de entender? Confira então a animação abaixo, que explica de forma simples e rápida esse processo:

Como vemos, esses sistemas são conectados à rede elétrica, por isso são chamados de sistemas fotovoltaicos On-Grid ou Grid Tie.

Existem também os sistemas isolados (Off Grid), porém muito mais caros e que exigem maior manutenção, razão pela qual os modelos grid tie dominam o mercado.

Dessa forma, nos sistemas On-Grid, se a energia gerada não for consumida na hora, ela será injetada na rede elétrica e emprestada à distribuidora local, no caso a CEMIG, gerando ao consumidor os seus créditos energéticos.

Os Créditos Energéticos

A criação desse sistema, feita em 2012 pela Aneel em sua Resolução Normativa 482 (RN 482), possibilitou aos consumidores instalarem sistemas em sua casa ou empresa e gerar toda a energia que consomem.

Isso porque, embora a geração desses sistemas seja intermitente (ou seja, a energia só é gerada pela luz do sol durante o dia), todo o excedente gerado nesses horários e não consumido na hora vai para a rede elétrica da CEMIG.

Esta, então, irá usufruir dessa energia e deverá, sob as regras criadas pela Aneel, compensar posteriormente o consumidor através da criação e repasse dos créditos energéticos.

energia solar uberlândia _ sistema fotovoltaico conectado à rede
Um sistema solar fotovoltaico conectado à rede (On-Grid)

Inicialmente pelas regras da RN 482, somente o próprio consumidor que tivesse seu sistema instalado em sua casa ou empresa poderia gerar e usufruir desses créditos, fosse no imóvel onde eles foram gerados ou em outro de mesma titularidade.

Porém, em 2015, através da Resolução Normativa 687, a Aneel estabeleceu novas regras que permitiram a geração e/ou uso desses créditos em outros locais, além da possibilidade de união de dois ou mais consumidores.

Foram 3 novas modalidades de geração criadas através da RN 687, que são:

  • Empreendimento com múltiplas unidades consumidoras: condomínios residenciais e/ou comerciais onde moradores se unem para instalar um sistema central, com os créditos gerados usados para abater do consumo de cada participante e/ou da área comum do condomínio.
  • Geração compartilhada: união de consumidores (CPF ou CNPJ), através de consórcio ou cooperativa, para instalação de sistema gerador em local terceiro daqueles onde estão as unidades que receberão os créditos energéticos, devendo todas estarem dentro da mesma área de concessão da distribuidora;
  • Autoconsumo remoto: consumidor (pessoa física ou jurídica) que instala sistema gerador em sua unidade consumidora e utiliza o excedente de créditos para abater o consumo de outras propriedades de mesma titularidade e dentro da mesma área de concessão da distribuidora. 

Depois de gerados, os créditos possuem um prazo de 60 meses (5 anos) para serem utilizados, após o qual são anulados.

Esse prazo permite aos consumidores acumularem créditos em meses com maior geração e consumi-los em meses de menor produção do sistema.

Quando o consumidor muda de residência ou, por qualquer outro motivo, encerre o contrato com a distribuidora de energia, esta deverá, ainda, contabilizar os créditos existentes e disponibilizá-los para o cliente em sua nova residência por um prazo igual de 60 meses.

Os créditos energéticos são sempre gerados pelo saldo positivo da energia injetada na rede pelo sistema gerador e abatida da energia consumida da mesma, sendo criados e compensados na mesma proporção, ou seja, 1 Watt por 1 Watt. 

Estes, então, poderão ser usados pelo consumidor para abater do que ele consumiu da rede durante à noite ou em momentos de pouca luminosidade e, consequentemente, geração do sistema.

Geração de Energia Solar Em Uberlândia: O Cenário Atual

Todas essas regras que você acabou de conhecer dizem respeito ao segmento do setor elétrico chamado de geração distribuída, no qual, como o nome sugere, a energia é gerada de forma distribuída, próximo ou no próprio local de consumo.

Desde 2012, o número de consumidores que apostam nesse segmento só vem subindo, tendo apresentando um salto significativo em 2015 graças as novas modalidades e, hoje, comporta mais de 84 mil brasileiros.

Localizada no estado mais solar do Brasil, Uberlândia também ocupa posição de destaque no cenário nacional, ficando em quarto lugar entre as cidades do país com mais sistemas instalados. 

São, atualmente, 911 consumidores dentro do segmento de geração distribuída no estado, sendo que 100% deles o fazem através dos sistemas fotovoltaicos.

Na classificação por tipo de consumidor, a cidade reflete o cenário nacional do segmento distribuído, com a maioria dos consumidores gerando a energia em sua casa (728), seguidos pelos consumidores comerciais (150), Industrial (16), Rural (12) e Poder público (5).

Energia Solar em Uberlândia: O que você precisa saber

Para ter uma casa ou empresa com energia solar em Uberlândia você deverá adquirir junto a uma empresa prestadora de serviços todos os equipamentos que compõem o kit de energia solar residencial e, também, a mão de obra de instalação.

Somente assim você estará assegurado de ter um sistema que funcione corretamente e que esteja de acordo aos padrões exigidos pela CEMIG, assim também podendo usufruir de todos os benefícios da energia solar.

Com relação a estes, um dos maiores, senão o maior, benefício de ter energia solar em casa é a economia de até 95% obtida na conta de luz, já que toda energia que você consome passa a vir do sistema.

Além disso, instalar um sistema de energia solar traz uma valorização imediata do imóvel, que se torna autossustentável energeticamente e, portanto, valoriza-se em relação a um imóvel comum.

A sustentabilidade, algo tão importante hoje, é outra das vantagens desses sistemas, que geram energia 100% através de uma fonte renovável, ou seja, sem qualquer emissão de poluentes.

A durabilidade do sistema também é outra vantagem, com alguns dos componentes do kit de energia solar residencial apresentando uma vida útil acima de 25 anos e muito pouca manutenção nesse período.

De forma resumida, os componentes de um kit de energia residencial são:

  • Painel Solar: conjunto de placas (módulos fotovoltaicos) que captam a luz e a transformam em energia;
  • Inversor Interativo: converte a energia para ser consumida e gerencia a troca de energia sistema/rede;
  • Caixa de Junção/String box: conjunto de componentes de proteção e chave para desligamento do sistema;

Passo a Passo Para Obter Seu Sistema Solar Em Uberlândia

Agora que você conhece o funcionamento de um sistema, veja quais são os 3 simples passos para você ter essa economia em sua casa.

Simulação do Seu Sistema

Como a quantidade de energia que cada pessoa ou família consomem varia entre si, os sistemas devem ser projetados e instalados especificamente para cada um.

O primeiro passo para você economizar na conta de luz com energia solar, então, é conseguir estimar o tamanho do sistema que você irá precisar para a sua casa.

Embora o seu consumo elétrico e a tarifa de energia possam ser conhecidos através da sua fatura de energia, outros fatores mais específicos são considerados para esse cálculo, como média de radiação solar local, entre outros.

Por meio de uma calculadora solar, entretanto, é possível a você estimar com grande precisão o tamanho e potência do seu sistema, além da economia que poderá obter com a energia solar.

Clique no botão abaixo e tenha acesso ao simulador solar da Blue Sol, a melhor e mais assertiva ferramenta do mercado para estimativas de custo de energia solar:

energia solar uberlandia _ simulador gratuito

Orçamento do Seu Sistema

Agora que você já estimou o tamanho do seu sistema e o quanto poderá economizar com ele, é hora de dar o próximo passo e solicitar o orçamento do seu projeto de energia solar residencial junto a uma empresa de energia solar.

Em contato com a equipe comercial e técnica da empresa, você poderá sanar todas as dúvidas que tiver em relação ao sistema, conhecer as marcas e modelos dos equipamentos comercializados e negociar as formas de pagamento e opções de financiamento.

Com a proposta fechada, a empresa dará seguimento no processo, realizando a visita técnica no local para a coleta das informações necessárias para a realização do projeto executivo e futura instalação do seu sistema, assim como a entrada na documentação para solicitação de acesso junto à rede da distribuidora. 

Instalação e Conexão do Seu Sistema

Após finalizar o projeto do sistema e com todos os equipamentos já entregues no local, o último passo para a sua economia é a instalação e conexão do seu sistema junto à rede da distribuidora.

O processo de instalação começa com a fixação do trilho de sustentação e dos módulos no telhado, quando se agrupa o conjunto de placas para a formação do painel solar.

Feito isso, segue então a instalação do inversor fotovoltaico no local já pré-definido no projeto, sendo que este equipamento deve ficar em local protegido e de fácil acesso, como uma garagem coberta, por exemplo.

Concluída toda a instalação mecânica e elétrica do sistema, que normalmente leva entre 3 a 4 dias para um sistema residencial, caberá então a distribuidora realizar a vistoria do sistema e, estando tudo de acordo com o projeto apresentado, realizar a conexão do sistema e a troca do relógio pelo modelo bidirecional.

E pronto! Com o seu sistema conectado e funcionando, agora é só aproveitar e consumir a sua energia com a tranquilidade de quem sabe que não irá receber uma alta conta de luz no final do mês.

Empresas de Energia Solar em Uberlândia

A Blue Sol Energia Solar, empresa pioneira com mais de 10 anos de atuação no mercado e uma referência hoje no setor solar brasileiro com mais de 1.700 sistemas comercializados em todo o país, também fornece seu atendimento aos consumidores mineiros.

Somos especializados na elaboração de projetos e instalações dos sistemas fotovoltaicos conectados à rede, tendo ampla experiência na solicitação de acesso com a distribuidora CEMIG.

Contando com a sua unidade franqueada em Juiz de Fora, comandada pelos parceiros Douglas e Renata, a Blue Sol atende os consumidores de todo o estado mineiro com a venda e instalação dos sistemas fotovoltaicos On-grid.

Conseguimos entregar com rapidez e segurança a solução solar para qualquer tipo de cliente, seja residencial ou comercial.

Acesse o botão abaixo, solicite o seu orçamento sem compromisso e conheça a economia que você pode obter com a energia solar:

energia solar uberlândia _ orçamento gratuito


E você, tem alguma dica, sugestão ou dúvida sobre a energia solar em Uberlândia? Não esqueça de deixá-las nos comentários abaixo. Sua opinião é muito importante para nós.