Gerador Solar Fotovoltaico: O Guia Para a Sua Economia com Energia Solar

Gerador Solar Fotovoltaico: Tudo Que Você Precisa Saber

Você está gastando demais com energia elétrica? Então precisa de um gerador solar fotovoltaico.

A tecnologia, que converte luz do sol em eletricidade por mais de 25 anos, se consolidou no Brasil como a solução energética perfeita.

Não só ela garante uma economia de até 95% no valor atual da sua conta de luz, mas ainda te protege contra o aumento no preço da energia.

Neste artigo, você conhece absolutamente tudo o que precisa saber para adquirir seu gerador e começar a sua economia.

E logo de cara você já pode descobrir o custo aproximado para o seu projeto, basta clicar no botão e fazer a sua simulação on-line:

O que é?

Um gerador solar fotovoltaico, tecnicamente chamado de sistema fotovoltaico, é um gerador elétrico movido pela luz do sol.

Utilizando um conjunto de equipamentos específicos, o kit fotovoltaico, ele transforma a radiação solar diretamente em energia elétrica capaz de alimentar qualquer tipo de imóvel.

Um dos principais equipamentos do sistema são as placas solares, tecnicamente conhecidas como módulos fotovoltaicos.

gerador solar fotovoltaico _ painel solar
Placas solares fotovoltaicas sobre um telhado residencial.

Cada placa é feita a partir da junção de células solares, unidade básica de geração da tecnologia e dentro da qual ocorre a transformação da luz em energia.

Quer saber como isso acontece? => Célula Solar Fotovoltaica: O que É e Como Funciona?

A potência-pico (capacidade instantânea máxima de produção elétrica) de cada placa solar é resultado da quantidade de suas células x suas potências individuais.

Da mesma forma, para cada consumo elétrico (ex: pequena casa ou grande empresa/agronegócio) é preciso calcular a quantidade de placas necessárias, que juntas formam o painel solar.

Portanto, na hora de dimensionar seu painel, é preciso calcular a média de consumo do imóvel e até pensar em situações que possam trazer futuros aumentos.

Um exemplo é a instalação de aparelhos de ar-condicionado, grandes consumidores de energia.

Com um painel solar bem dimensionado você garante sempre a máxima economia com o seu gerador solar fotovoltaico.

Tipos

Todo gerador solar fotovoltaico produz energia a partir da luz do sol.

Mas a forma como eles funcionam quando não há luz os diferencia em 3 tipos, que são:

Sistema fotovoltaico off grid ou isolado

São os geradores instalados em áreas remotas e sem acesso à rede de distribuição.

Dessa maneira, necessitam de um banco de baterias para o armazenamento da energia solar fotovoltaica gerada durante o dia e que será utilizada à noite.

Sistema fotovoltaico on grid

On grid em inglês significa na rede, ou seja, são os geradores fotovoltaicos conectados à rede elétrica.

Aqui, toda a energia excedente que você gerou durante o dia é injetada na rede da distribuidora e transformada em créditos energéticos para você.

Durante a noite, você continua utilizando normalmente a energia que vem da rede elétrica.

Ao final do mês, a distribuidora automaticamente utiliza os créditos gerados para abater o que você consumiu da rede.

Se você adquiriu um gerador capaz de suprir todo o consumo elétrico do seu imóvel, então os créditos gerados serão suficientes para compensar toda a energia que você utilizou da rede.

Nesse caso, você só paga a taxa mínima de luz, podendo assim reduzir em até 95% o valor da sua conta de luz.

Sistema fotovoltaico híbrido

Um sistema híbrido, então, é a combinação de geradores fotovoltaicos isolados e conectados à rede.

Isto é, ele funciona em conjunto com a rede elétrica ao mesmo tempo em que faz uso de uma bateria solar

Desta forma, é possível utilizar a carga da bateria durante quedas da rede ou mesmo em horários de ponta, quando o preço da energia é mais caro.

Sistemas híbridos são a próxima grande onda da tecnologia fotovoltaica pela maior independência da rede que trazem ao consumidor.

No entanto, embora já existam baterias no Brasil para esse tipo de sistema, a sua aplicação ainda esbarra na falta de inversores homologados e regulamentação específica.

Como funciona um gerador solar fotovoltaico conectado à rede?

A menos que você possua uma propriedade em região isolada, o gerador de energia solar que você precisa é do tipo conectado à rede.

Mais de 99% dos sistemas fotovoltaicos instalados no Brasil são desse tipo.

Com preços mais acessíveis e menor manutenção, os sistemas on grid oferecem o melhor custo-benefício.

Conheça como eles funcionam na rápida animação abaixo:

Regulamentação e os créditos energéticos

Em 17 de abril de 2012, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) promulgou a regulamentação que marcou o início da Geração Distribuída (GD) no Brasil.

A Resolução Normativa 482 reuniu as regras e diretrizes que permitiram aos brasileiros conectarem seus micros e minigeradores à rede e realizarem a troca da energia com a da distribuidora.

O sistema de compensação de energia elétrica foi criado, obrigando distribuidoras de todo o país a ressarcirem os consumidores com créditos energéticos.

Três anos depois, a Aneel revisou as regras da GD com a promulgação da sua Resolução Normativa 687.

Diversas melhorias foram implementadas, dentre as quais se destacam as 3 novas modalidades de geração:

  • Autoconsumo remoto;
  • Geração compartilhada;
  • Geração com múltiplas unidades consumidoras.

Para saber tudo sobre elas, leia o artigo completo Geração de Energia Solar: 3 Formas De Gerar Sua Energia

Equipamentos (kit solar)

Além das placas solares já mencionadas, existem ainda alguns outros importantes equipamentos dos sistemas fotovoltaicos:

Inversor: é considerado o cérebro de um sistema fotovoltaico e responsável por converter a energia das placas para os padrões da nossa rede elétrica.

gerador solar fotovoltaico _ inversor solar
O inversor solar.

Existem modelos específicos de inversores para cada tipo de gerador fotovoltaico (on, off ou híbrido), sendo eles os responsáveis por gerenciar, respectivamente, a energia sistema/rede e sistema/baterias.

String-box: é o aparelho que reúne os dispositivos de segurança e proteção do sistema contra surtos e quedas, além do botão liga/desliga do painel.

Controlador de carga: é o aparelho utilizado nos geradores com uso de baterias e responsável por gerenciar as suas cargas.

Baterias: de diferentes tipos, elas armazenam a energia gerada pelo painel durante o dia para a utilização no período noturno.

Vantagens

Dentre todas as fontes de energia renováveis permitidas na geração distribuída, a solar é a que mais se espalha pelo Brasil.

A saber, 99% dos projetos instalados no país são de geradores solares fotovoltaicos.

Qual a razão dessa preferência pela energia solar? Suas vantagens, é claro.

Veja abaixo os principais benefícios da tecnologia:

Economia de até 95% na conta de luz

Um gerador solar fotovoltaico pode produzir toda a energia consumida em uma casa, empresa ou propriedade rural.

Dessa forma, além de suprir o seu consumo durante o dia, ele conseguirá gerar um excedente de energia suficiente para que seja injetado na rede e transformado em créditos que, depois, irão abater o que você consumiu da distribuidora à noite.

Ou seja, toda a energia que você precisa no seu imóvel passa a ser atendido pelo seu sistema, o que reduz sua conta mensal em até 95%.

Mas por que a minha conta de luz não zera? Uma dúvida que fica na cabeça de muitos.

A razão disso é que, por utilizar a rede elétrica, ficou estabelecido pelas regras da Aneel que o consumidor continue pagando pela taxa mínima de luz.

É aquela taxa paga por todos os consumidores de energia, sem exceção, e que serve de custeio para a manutenção e reparos da rede. 

Não importa o valor da sua conta de luz, a energia solar pode reduzir ela para você.

Clique e simule a sua economia com um gerador solar fotovoltaico 👇

simulador solar

Imunidade energética

Mas não é só a economia na conta de luz. com um sistema de energia solar você adquire certa independência da distribuidora e garante imunidade contra os aumentos do preço da sua energia.

Tanto a energia quantos os créditos energéticos produzidos pelo seu sistema não sofrem impactos pelo aumento da tarifa ou bandeiras tarifárias.

Pelo contrário, quanto mais o preço da energia sobe, mais economia você estará obtendo com o seu sistema.

Veja a razão disso no artigo completo O Retorno do Investimento em Energia Solar

Longa vida útil

A maior vantagem da energia solar fotovoltaica quando comparada a outras tecnologias de geração é a sua longa vida útil.

Pelo padrão adotado pelas fabricantes, podemos dizer que um painel solar dura, no mínimo, 25 anos.

Esse prazo pode ser ainda maior (mais de 30 anos) caso os equipamentos recebam as manutenções periódicas.

Além disso, a perda de eficiência de geração das placas durante esse período é extremamente baixa.

Os melhores fabricantes garantem que seus módulos estarão com, pelo menos, 80% de eficiência ao final dos 25 anos. 

Baixa manutenção

E não pense que, para durar todos esses anos, você terá que arcar com diversas manutenções técnicas no seu gerador fotovoltaico.

Uma vez que não utilizam partes móveis, gerando energia por meio de um processo fotoelétrico e não mecânico, os sistemas necessitam de baixíssima manutenção.

O cuidado mais frequente é a limpeza do painel solar com água quando muito empoeirado, o que pode nem ser necessário se na sua região chover com boa frequência.

Além disso, existe a manutenção anual da parte elétrica e mecânica do sistema.  

Ela garante não só a longevidade do sistema, como também a segurança da instalação para você e o seu imóvel.

Rápido retorno do investimento

Instalar um sistema de energia solar é um investimento.

E o prazo de retorno do seu investimento, ou payback, é muito atrativo no Brasil.

De acordo com os dados do último estudo anual da empresa de energia COMERC, podemos calcular a média do payback de energia solar no país.

Enquanto sistemas residenciais se pagam em torno de 3,5 anos, geradores comerciais levam cerca de 5,8 anos para atingir o payback.

Ou seja, considerando a vida útil mínima de 25 anos, podemos ver que um sistema traz, no mínimo, 19 anos de energia grátis.

Modularidade e adaptabilidade

A característica modular de um sistema fotovoltaico (composto de módulos/placas) permite que eles atendam qualquer perfil de consumidor.

Ou seja, desde uma pequena residência até uma grande indústria.

Para isso, basta que a quantidade de placas fotovoltaicas e demais equipamentos do sistema seja calculada de acordo com a demanda elétrica a ser atendida.

Além disso, as placas também podem ser instaladas em praticamente qualquer lugar com incidência solar, o que garante maior adaptabilidade em seu uso.

Alguns projetos, por exemplo, utilizam as próprias placas como cobertura, como no caso de carports, claraboias e pontos de ônibus.

Sustentabilidade

Além de todas essas vantagens particulares obtidas com a energia solar fotovoltaica, existe também uma que é coletiva: a sua sustentabilidade.

Diferentemente de um gerador a diesel, por exemplo, um gerador solar fotovoltaico produz energia elétrica de forma 100% limpa.

Isto é, sem qualquer emissão de poluentes ou outros impactos ao meio ambiente.

Assim, quando você instala um gerador fotovoltaico, você não está apenas ajudando o seu bolso, mas também fazendo parte de uma transição energética em prol da sustentabilidade.

Uma necessidade crescente à medida que os efeitos do aquecimento global se tornam cada vez mais alarmantes.

Quanto Custa?

Geradores fotovoltaicos precisam ser dimensionados para cada consumidor e não seguem uma tabela de valores fixos.

O consumo elétrico e certas características do seu imóvel são os fatores que determinam o tamanho e, consequentemente, o custo final do seu projeto.

Assim, para descobrir o valor do seu sistema é necessário que você solicite o orçamento do seu projeto, que pode ser feito de forma on-line e gratuita.

Com base nas informações que você preencher, será possível dimensionar e precificar o seu sistema completo, incluindo equipamentos e mão de obra.

Clique no botão abaixo para solicitar agora mesmo o orçamento do seu gerador solar fotovoltaico 👇