Os 3 Tipos De Geradores Solares Que Você Precisa Conhecer Para Acabar Com A Conta de Luz Alta

O que achou?

Ao menos que você estivesse em Marte e só agora retornou à Terra, provavelmente já conhece ou ouvir falar sobre os Geradores Solares, aquelas famosas placas instaladas nos telhados que, junto a outros equipamentos, captam e convertem a luz do sol em energia elétrica.

Eles são o novo sonho de consumo dos brasileiros, que estão aproveitando os preços em queda da tecnologia e as linhas de financiamento específicas para instalar um sistema, gerar créditos energéticos e economizar até 95% na conta de luz por mais de 25 anos, período de validade das placas.

Segundo a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), que regulamentou esse sistema de créditos de energia em 2012, mais de 53 mil consumidores já integram a modalidade de geração distribuída no Brasil e, até 2024, é estimado um público de mais de 886 mil.

Mas, se você também se animou pela possibilidade de economizar na conta de luz, então deve conhecer quais os tipos de sistemas de energia solar à venda no mercado e quais deles possibilitam a geração de créditos para abatimento no valor da fatura. Confira abaixo os 3 tipos de sistemas solares:

Sistemas Conectados à Rede (On-Grid)

Se você conhece algum parente ou amigo que tem um sistema instalado, muito provavelmente este é o tipo. Sistemas On-Grid são a maioria absoluta dos geradores comercializados no Brasil, pois são eles que permitem a troca da energia gerada pela a da distribuidora através do sistema de créditos energéticos, além de serem mais baratos e exigirem menos manutenção.

Sistemas Isolados da Rede (Off-Grid)

Se você busca se dissociar totalmente da rede elétrica, então esse é o seu sistema, mas esteja preparado para gastar mais. Isso porque a grande vantagem dos Sistemas off-grid é também a sua grande desvantagem: o banco de baterias. São elas que armazenam a energia gerada durante o dia para ser utilizada a noite ou em períodos de pouca luminosidade, mas, além de serem muito caras e demandarem manutenções periódicas, também não apresentam a mesma vida útil que o painel solar.

Sistemas Solares Híbridos

Como o nome já deixa claro, sistemas híbridos são a combinação dos dois tipos de sistemas que você viu acima. Embora sejam uma tendência nos mercados estrangeiros, esses sistemas ainda não apresentam muita validade no Brasil, mais uma vez devido ao preço, manutenção e espaço necessário para as baterias comercializadas nacionalmente.