Painel Solar Residencial: As Informações Que Você Precisa Saber Para Economizar Agora na Conta de Luz

Painel Solar Residencial: As Informações Que Você Precisa Saber Para Economizar Agora na Conta de Luz
5 (100%) 1 vote[s]

Um Painel Solar Residencial converte a luz do sol em energia elétrica e pode reduzir em até 95% a conta de luz da sua casa por mais de 25 anos. Veja como funciona essa tecnologia utilizada por mais de 73 mil brasileiros e saiba agora o custo do seu projeto.

Gerar energia através de um painel solar residencial é algo extremamente viável.

Não a toa, dos mais de 73 mil brasileiros que hoje geram a própria energia em suas casas, 99,9% assim o fazem através de placas fotovoltaicas.

A instalação de um painel solar é rápida e garante mais de 25 anos de redução na conta de luz.

E tem mais: durante todo esse tempo você e sua família também ficam protegidos dos aumentos na conta de luz.

Conheça aqui tudo sobre essa tecnologia.

Quanto Custa Um Painel Solar Residencial?

A primeira coisa que todos procuram saber é: quanto custa um painel solar?

A resposta para isso, no entanto, não é exata.

Isso porque um painel solar irá mudar de tamanho e custo conforme a necessidade elétrica de cada família.

Além disso, como você poderá conhecer adiante nesse artigo, não é somente o painel solar que garante a energia elétrica e economia para a sua casa.

Mas, para ajudar você a ter uma ideia bem próxima do custo do painel que a sua casa precisa, eu tenho uma solução.

Uma calculadora solar.

Através dela você poderá conhecer o tamanho do painel solar que você precisa para alimentar a sua casa.

Basta informar a média do seu consumo de energia e a sua região para que, em menos de 3 segundos, você conheça o resultado. Confira através do botão abaixo:

painel solar residencial _ botão simulador

Painel Solar Residencial: O Que É e Como Funciona?

Um painel solar é o conjunto de placas solares, ou módulos fotovoltaicos, que geram energia pela conversão direta da luz do sol.

Cada uma dessas placas é composta por dezenas de células fotovoltaicas, unidade de geração da tecnologia.

São essas células que geram a energia pela conversão da luz do sol.

Entenda em detalhes como funciona essa geração elétrica no artigo:Célula Fotovoltaica – O Guia Técnico Absolutamente Completo

Para obter energia de um painel solar, então, basta que você o coloque sobre a luz do sol.

painel solar residencial _ exemplo de painel residencial
Um painel solar residencial

Mas, quando falamos de energia solar residencial, não basta ter apenas o painel, outros equipamentos são necessários.

Um kit de energia solar residencial é composto dos seguintes equipamentos:

  • Painel Solar: conjunto de placas que geram a energia pela conversão da luz do sol.
  • Inversor interativo: equipamento que adapta a energia gerada pelas placas para ser utilizada na casa e que gerencia a energia do sistema com a energia da rede elétrica.
  • String-box: dispositivos de segurança do sistema contra surtos elétricos e chave de ligar/desligar;
  • Estrutura de suporte: estrutura metálica utilizada para fixar o painel sobre o telhado da casa;
  • Cabeamento: conjunto de conectores e cabos para conexão elétrica do sistema.

Quando instalados e funcionando, o conjunto desses equipamentos formam o que chamamos de sistema fotovoltaico.

Sistemas Fotovoltaicos: Tipos

São os sistemas solares fotovoltaicos, então, que possibilitam o uso da energia solar em uma casa ou mesmo em uma empresa.

Existem dois tipos de sistemas fotovoltaicos, que diferem pela forma como tratam a energia gerada pelo painel:

Sistemas Conectados à rede (On-Grid)

Os sistemas On-grid, como o nome deixa claro, são os sistemas que funcionam em conjunto com a rede elétrica.

Nesse tipo, toda a energia gerada pelo painel e que não foi consumida no momento de geração é enviada à rede pública.

O inversor interativo é o responsável por essa tarefa.

Durante as horas de sol, o painel está gerando energia e enviando ela até o inversor.

O inversor converte essa energia (de corrente contínua para corrente alternada) e envia aos aparelhos que estiverem consumindo.

Caso a quantidade de energia gerada seja maior que a demanda, o inversor injeta o excedente na rede da distribuidora.

Durante à noite ou em momentos de pouca geração do sistema, o inversor então puxa da rede a energia que for necessária.

Confira na animação abaixo o funcionamento do sistema On-Grid:

Sistema Isolado da Rede (Off-Grid):

Os sistemas isolados, ou off-grid, são o oposto dos sistemas on-grid, não tendo contato com a rede elétrica.

Nesses sistemas, a energia gerada durante o dia é armazenada em um banco de baterias.

A quantidade delas precisa ser muito bem dimensionada para que não falte energia durante a noite.

Embora esses sistemas sejam vantajosos pela independência que trazem ao consumidor, o alto custo das baterias e sua baixa vida útil tornam a sua utilização inviável.

Nos kits de energia solar para sistemas off-grid, além dos equipamentos já mencionados, você irá precisar também de:

  • banco de baterias: armazenam a energia gerada durante o dia para ser consumida durante a  noite.
  • controlador de carga: equipamento que gerencia o armazenamento das baterias para que não haja sobrecargas ou desperdícios. 

Regras Para Instalar Um Painel Solar

Devido a essa inviabilidade dos sistemas off-grid, a maioria absoluta dos sistemas instalados no Brasil são do tipo conectado à rede.

E, uma vez que trabalham em conjunto com a rede pública, regras precisaram ser criadas para regular essa interação.

Isso aconteceu em 2012, quando a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) promulgou a sua Resolução Normativa 482.

Nela foram estabelecidas os parâmetros dos geradores, divididos entre sistemas de micro e minigeração.

Foi então também que criou-se o sistema de compensação de energia elétrica, o grande marco que permite aos consumidores economizarem na energia elétrica.

Nesse sistema, toda energia injetada na rede elétrica pelo consumidor volta a ele através de créditos energéticos.

Esses créditos são usados para abater o consumo da rede nos momentos sem geração do sistema.

Assim, uma vez que o sistema é dimensionado para gerar toda a quantidade de energia da casa, os créditos sempre serão suficientes para abater o que foi consumido da rede.

Em 2015 as regras ANEEL Energia Solar foram revisadas e trouxeram novas modalidades de geração.

Hoje, você nem precisa ter espaço no telhado de sua casa ou mesmo um telhado próprio para instalar um painel solar.

Conheça tudo sobre essas modalidades no artigo: Geração de Energia Solar: 3 Modalidades Que Você Talvez Não Conheça

Durabilidade e Garantia do Painel Solar

Você sabia que nem mesmo uma pedra de granizo é capaz de danificar um painel solar?

É isso mesmo, as placas solares são fabricadas com várias camadas de proteção, como você pode ver na imagem abaixo:

Isso garante a segurança das células solares, extremamente frágeis, contra impactos e também o seu isolamento térmico. 

Além do granizo, um painel solar também é resistente a diversas condições climáticas, como a força dos ventos, cargas de neve e calor extremo.

A vida útil de um painel solar é de mais de 25 anos e com eficiência de, no mínimo 85% de sua geração.

Os melhores fabricantes garantem essa eficiência de suas placas.

Já a garantia contra defeitos de fabricação é de 10 anos.

Instalação do Painel Solar 

A instalação do painel solar é a última parte do processo de aquisição de um sistema fotovoltaico.

E é também a parte mais rápida.

Para um sistema de pequeno porte, a instalação poder ser feita em até dois dias, incluindo o painel e demais equipamentos.

Ela inclui a instalação da estrutura de suporte sobre o telhado e a fixação do painel sobre ele.

Depois vem a conexão elétrica do sistema e instalação dos dispositivos de segurança.

Por fim vem a instalação do inversor interativo e sua conexão com o quadro geral de força da residência.

Após esse processo feito pela empresa de energia solar, resta a equipe técnica da distribuidora realizar a vistoria e, com tudo de acordo com o projeto, realizar a conexão do sistema junto à rede elétrica.

O Passo a Passo Para Você ter Um Painel Solar Residencial

Através dos serviços de uma empresa de energia solar, é muito fácil para você adquirir painel solar residencial.

Conheça o passo a passo para acabar com a sua conta de energia muito alta:

#1 Orçamento

O primeiro passo é calcular o tamanho do painel e sistema que a sua casa irá precisar.

Para isso, a melhor opção é solicitar um orçamento de energia solar gratuito através de uma empresa do setor.

Após analisar todos os dados enviados, a equipe técnica poderá retornar rapidamente com uma proposta de valor do seu sistema.

Através do botão abaixo você pode solicitar agora mesmo o orçamento do seu sistema gratuitamente:

painel solar residencial _ botão orçamento

#2 Fechamento da proposta

Com a proposta em mãos, você poderá conferir o valor do seu projeto e demais informações importantes.

Nessa hora é importante conferir as marcas e os modelos dos equipamentos cotados e as garantias oferecidas.

As formas de pagamentos são acordadas nesse momento, assim como os prazos para entrega e instalação dos equipamentos.

#3 visita técnica

A visita técnica é uma parte muito importante do processo de compra de um sistema fotovoltaico.

É nessa hora que a equipe técnica da empresa irá coletar as informações do imóvel que irá receber o sistema, como:

  • dimensões e posição do telhado;
  • inclinação e condições das telhas;
  • condição do madeiramento (suporte) do telhado;
  • condições elétricas do imóvel;
  • local de instalação do inversor;
  • entre outros…

#4 Projeto e Logística

Com a posse de todos os dados, a equipe técnica da empresa irá realizar o projeto do sistema através de softwares específicos.

Nessa hora serão analisados os possíveis sombreamentos sobre o painel e outros fatores que possam comprometer a geração do sistema.

É esse projeto que será entregue à distribuidora de energia para análise e aprovação.

Após isso, caberá a logística da empresa separar todos os equipamentos necessários e agendar a entrega até a sua residência. 

#4 Instalação

Essa é a etapa mais rápida de todo o processo e poderá durar, no máximo, dois dias dependendo do tamanho do seu sistema.

Toda a integração mecânica e elétrica do sistema será realizada nessa etapa.

#5 Conexão com a distribuidora e troca do relógio medidor

Após a instalação, a equipe técnica da distribuidora irá até o local para a vistoria do projeto.

Eles irão analisar a instalação dos equipamentos e a concordância com o projeto apresentado.

Com tudo de acordo, cabe a eles realizarem a troca do relógio medidor de energia.

O novo modelo deve ser bidirecional, que registra tanto a entrada como a saída de energia do imóvel.

Isso é feito sem custo para consumidores residenciais, você não paga nada a mais por isso.

Realizados os últimos testes, o sistema já pode ser conectado à rede e começa a sua economia.

Casos de Sucesso: Quem Já Economiza Com Painel Solar Residencial

Jairo Justino – Professor

  • Sistema de 2,6 kWp de potência; 
  • 08 Módulos; 
  • 1 Inversor. 

Professor aposentado, Jairo veio de Recife junto com a esposa para a nova casa deles em Aldeia, localizada na cidade de Camaragibe, Pernambuco.

Porém, a sensação que era só empolgação logo sofreu um choque ao chegar a primeira conta de luz, muito alta para apenas duas pessoas.

Jairo e sua esposa, então, logo trataram de aplicar aquelas famosas dicas de como economizar energia em casa, trocando lâmpadas e tudo o mais que podiam, mas a conta continuava vindo alta.

Foi então que Jairo conheceu a energia solar fotovoltaica e não teve mais dúvida de que ela era a saída para as contas de luz alta.

Com o seu sistema instalado, ele agora é só sorrisos ao falar de energia elétrica e afirma: sistema fotovoltaico não é mais luxo, é necessidade. Confira o vídeo:

Henrique e Leonise – Casal em Alphaville

  • Sistema de 10.07 kWp de potência;
  • 38 Módulos;
  • 1 Inversor.

Muitas pessoas ”sobem na vida”, ganham mais dinheiro e, na primeira oportunidade, aumentam também seus gastos.

Automaticamente, não só aumentam o número de problemas, mas como o tamanho deles.

O caso do Henrique Rodrigues e Leonice Alves é exatamente o oposto disso: acesso a muito mais conforto e com muito menos custo.

Para esse casal de Alphaville, energia solar agora significa manter o seu conforto sem ter que gastar absurdos com a conta de luz. Confira o vídeo:


Antes de ir! Agora que chegou até aqui, não esqueça de deixar sua opinião, sugestão ou dúvida nos comentários abaixo. Sua opinião é valiosa para nós.